Diário Digital Polícia fecha entreposto que funcionava como laboratório para o tráfico

Polícia fecha entreposto que funcionava como laboratório para o tráfico

Policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) localizaram um entreposto onde eram armazenados maconha e skunk (supermaconha), durante a manhã desta terça-feira (11), no Parque dos Jequitibás, em Dourados. Uma pessoa foi presa e a estimativa é de que os entorpecentes apreendidos pesem três toneladas. O delegado Rodolfo Daltro, contou ao […] O post Polícia fecha entreposto que funcionava como laboratório para o tráfico apareceu primeiro em Diário Digital.

Policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) localizaram um entreposto onde eram armazenados maconha e skunk (supermaconha), durante a manhã desta terça-feira (11), no Parque dos Jequitibás, em Dourados. Uma pessoa foi presa e a estimativa é de que os entorpecentes apreendidos pesem três toneladas.

O delegado Rodolfo Daltro, contou ao site local Dourados News, que o imóvel servia também como um laboratório da maconha, onde foram apreendidos vários maçaricos.

“Esses maçaricos são usados pelos traficantes para potencializar o THC da maconha, aumentando o 'padrão de qualidade' do produto. Essa seria uma droga classificada como ‘superpremium’, podendo chegar aos grandes centros por R$ 2 mil a R$ 3 mil o preço do quilo”, disse ao Dourados News.

Veja o vídeo da apreensão (Divulgação)

A maconha estava espalhada em fardos por vários cômodos do imóvel e uma caminhonete, que levaria os entorpecentes para outro estado. O veículo também foi apreendido.

Ainda conforme apurado no local pelo Dourados News, a delegacia recebeu informações de movimentação suspeita na residência, com a entrada e saída de diversos veículos, principalmente caminhonetes.

Durante monitoramento, os policiais abordaram um homem, morador em Ponta Porã, que cumpriu pena por tráfico de drogas. Ele apresentou informações desencontradas, o que levantou a suspeita da equipe.

Ao entrarem na casa, os investigadores encontraram os entorpecentes. À polícia, o suspeito contou que recebia por semana para cuidar da droga e estava no local há, aproximadamente, três meses.

O post Polícia fecha entreposto que funcionava como laboratório para o tráfico apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas