Diário Digital Prefeitura recebe 198 celulares que serão entregues aos alunos da Reme em situação de vulnerabilidade

Prefeitura recebe 198 celulares que serão entregues aos alunos da Reme em situação de vulnerabilidade

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) recebeu os primeiros 198 aparelhos celulares do Projeto Transforme, do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPMS), para serem entregues aos alunos da Rede Municipal de Educação (Reme), em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é que eles possam […] O post Prefeitura recebe 198 celulares que serão entregues aos alunos da Reme em situação de vulnerabilidade apareceu primeiro em Diário Digital.

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) recebeu os primeiros 198 aparelhos celulares do Projeto Transforme, do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPMS), para serem entregues aos alunos da Rede Municipal de Educação (Reme), em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é que eles possam dar continuidade às aulas a distância, realizadas durante o período da pandemia da covid-19.

Os celulares foram entregues nesta segunda-feira (14), para a secretária Municipal de Educação Elza Fernandes, pela promotora de Justiça Jiskia Sandri Trentin. Os aparelhos, que foram formatados por alunos do curso de análise de sistemas da Faculdade Estácio de Sá, estão prontos para o uso. A Semed vai organizar e fazer a distribuição dos celulares aos alunos.

Outros 1.203 estão em processo de formatação, na instituição de ensino, os quais, depois da configuração, serão também distribuídos aos alunos da Reme para o uso escolar. “A parceria é de grande importância, pois muitos alunos que precisam, agora vão conseguir receber o celular para acompanharem melhor as aulas a distância”, afirma a secretária Elza Fernandes.

Esta é a primeira vez que a Secretaria recebe os aparelhos, os quais foram doados pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). No dia 4 de maio deste ano, a Faculdade Estácio de Sá recebeu 1.403 celulares. Os aparelhos foram apreendidos pela Agepen, quando os reeducandos do sistema penitenciário tentaram ter acesso ilícito.

Antes da parceria, os aparelhos serviam de provas em processos penais e, posteriormente, eram descartados com autorização judicial. A partir de agora, os que se encontram em bom estado de conservação serão entregues ao MPMS, que fará o repasse para uma das instituições de ensino superior parceiras (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Estácio de Sá ou Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

Ensino

No período de aulas à distância, os mais de 109 mil alunos da Reme podem realizar as atividades domiciliares com o auxílio do caderno-base distribuído para todos os estudantes. Os exercícios são complementares ao ensino oferecido pelos professores, por meio de grupos de conversa e outras plataformas, além das aulas da Rádio e da TV Reme. O objetivo do caderno-base é atender, principalmente, ao aluno sem acesso à internet, e oferecer subsídios iniciais básicos a partir dos conteúdos desenvolvidos em cada ano escolar.
As aulas também estão disponíveis na TV Reme (canal 4.2 da TVE, e Youtube), Rádio Reme (aplicativo) e outros meios utilizados pelos professores e pelas unidades escolares (aplicativos de conversa com vídeos e áudios), conforme a necessidade e adaptação de cada turma.

Aulas

A previsão é de que as atividades presenciais nas escolas sejam retomadas no segundo semestre. Na programação de volta às aulas, as escolas realizarão, de 19 a 23 de julho, uma formação sobre os protocolos de biossegurança, com os profissionais das unidades escolares.

A expectativa é de que, no dia 26 de julho, os alunos retornem às escolas, para as atividades presenciais, de maneira escalonada, divididos em grupos, por ano letivo e por período. A mesma proposta será válida para os estudantes da educação infantil, portanto as Emeis também vão receber os alunos por período, e a cada semana será um grupo diferente. Com isso os alunos vão frequentar a aula, em média, a cada duas semanas, de manhã ou à tarde, e não mais em período integral, como ocorria antes da pandemia.

As aulas presenciais, na Reme, encontram-se suspensas até 1° de julho, conforme Decreto n. 14.613, mas o ensino para os estudantes da educação infantil, ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA) é realizado de maneira remota.

O post Prefeitura recebe 198 celulares que serão entregues aos alunos da Reme em situação de vulnerabilidade apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas