Cidades Filas estão proibidas em restaurantes de João Pessoa no Dia das Mães

Filas estão proibidas em restaurantes de João Pessoa no Dia das Mães

Filas de espera estão proibidas em restaurantes de João Pessoa neste domingo (9), Dia das Mães, conforme alertado pela Operação Previna-se, da prefeitura. As ações de fiscalização em bares e restaurantes da Capital serão intensificadas para garantir o cumprimento dos decretos municipal e estadual com medidas de prevenção à Covid-19. De acordo com o novo […]

Portal Correio
Restaurantes

Restaurantes

Portal Correio
Foto: Reprodução/TV Correio

Filas de espera estão proibidas em restaurantes de João Pessoa neste domingo (9), Dia das Mães, conforme alertado pela Operação Previna-se, da prefeitura. As ações de fiscalização em bares e restaurantes da Capital serão intensificadas para garantir o cumprimento dos decretos municipal e estadual com medidas de prevenção à Covid-19.

De acordo com o novo decreto, bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e estabelecimentos similares estão liberados para abrir as portas das 6h às 22h, com apenas 30% da capacidade, se for local fechado, e 50% em espaço aberto.

“Não será permitido, por exemplo, fila de espera em restaurantes. Tem que agendar, porque vai ter que manter a mesma capacidade e não aglomerar”, disse a diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Aline Grisi. A orientação vai para os proprietários e para os clientes.

Em cada uma das mesas, apenas oito pessoas no máximo, podendo aproveitar apresentação musical com a presença de até três músicos no palco, porém não é permitido dançar. Todos os presentes deverão seguir as medidas sanitárias estabelecidas no decreto.

“Nós estaremos atuando nos grandes centros comerciais da Capital, como os shoppings populares, o centro da cidade e nos grandes shoppings centers. Nossa finalidade é evitar aglomeração, verificando a capacidade de cada loja de receber pessoas, aglomerações na área interna e externa, verificar também se os comerciantes estão medindo a temperatura dos clientes, além do uso do álcool em gel”, explicou o secretário Rougger Guerra, da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP).

De acordo com o decreto, os estabelecimentos comerciais poderão funcionar por dez horas contínuas. Os representantes comerciais poderão definir horários diferenciados para seus funcionários para evitar aglomeração nos transportes públicos. Já os shoppings centers e centros comerciais poderão funcionar das 10h às 22h.

Os estabelecimentos que descumprirem qualquer ponto do decreto estão sujeitos à multa de até R$ 50 mil e interdição por até sete dias. Em caso de reincidência, o período de interdição passa para 14 dias.

A Operação Previna-se é uma ação conjunta entre O Governo do Estado e a Prefeitura de João Pessoa, com apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), Guarda Civil Metropolitana (GCM), além da Vigilância Sanitária Municipal, Procon-JP, e das Secretarias Municipais de Meio Ambiente (Semam) e Desenvolvimento Urbano (Sedurb).

Para denunciar descumprimento do decreto, a prefeitura disponibiliza os telefones 160 (Disque Aglomeração) ou (83)98600-4815, das 8h à 0h, de domingo a domingo.

Recomendações básicas
– mantenha o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas;
– use máscaras;
– lave sempre as mãos com água e sabão;
– use álcool em gel 70% de preferência tenha seu próprio recipiente para higienizar as mãos e objetos pessoais.

Últimas