Folha Vitória "Aglomerações e festas irão repercutir no aumento do número de casos", diz secretário de saúde

"Aglomerações e festas irão repercutir no aumento do número de casos", diz secretário de saúde

Nésio Fernandes alertou sobre as indisciplinas sociais e os riscos para o aumento de infectados e de óbitos por coronavírus no ES

Folha Vitória
Foto: Fabiano Mazzini Bonisem
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O secretário de Saúde do Espírito Santo, Nésio Fernandes, manifestou preocupação e deu um alerta, nesta quinta-feira (01), com relação ao número de pessoas aglomeradas em espaços públicos do Estado, que não estão tomando os devidos cuidados para evitar o contágio do coronavírus.

Segundo o secretário, em sua rede social, o número de casos confirmados deve aumentar ainda mais nos próximos dias, principalmente por conta da quantidade de pessoas expostas ao risco. Esse dado pode acabar afetando a medição da ocupação hospitalar ou, na pior das hipóteses, aumentando o número de mortes.

"As aglomerações dos feriados, festas e outras indisciplinas sociais irão repercutir em casos e também alimentar a nossa prevalência. Ocorrendo descontrole generalizado as internações e óbitos podem voltar a crescer", disse.

De acordo com o secretário, a situação de cada município continuará sendo monitorada e caso os números piorem, os gestores poderão fazer ajustes nas medidas definidas pela matriz de risco. 

"Os contextos devem ser analisados por município, caso em algum se reconheça descontrole pleno e os casos ultrapassem a capacidade de bloqueio e aumentem os óbitos, cada gestor poderá tomar medidas precoces e complementares para além das qualificadas na matriz de risco", disse.

"Para preservar esse trabalho, fiscalizar o cumprimento dos protocolos é medida fundamental para proteger essas conquistas. O apoio da sociedade e a disciplina individual serão fundamentais. Penalizar estabelecimentos infratores será pedagógico e preservará vidas", completou.

Foto: Reprodução / Youtube
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Nésio Fernandes, secretário de Saúde do ES

Nésio também voltou a dizer que o número de casos deve se elevar nas próximas semanas por conta das testagens do Inquérito Escolar.

"O número de casos tende a aumentar com a mudança de critério de testagem e a investigação dos contados domiciliares dos casos PCR-RT+. Nas próximas semanas aumentará ainda mais com os resultados da testagem de mais de 22 mil alunos e trabalhadores da educação", explicou.

Números de setembro

Ainda de acordo com as publicações do secretário, baseado no Painel Covid-19, o Estado encerrou setembro com queda de óbitos/casos acumulados por coronavírus. Segundo Nésio, "ainda que [o índice] podendo variar nos próximos 15 dias, não mudará a característica de queda".

"No comportamento da queda de casos e óbitos já tivemos momentos de interrupção com breve estabilidade seguida de queda. Em algum momento teremos uma prevalência num piso de casos que somente a vacina ou tratamento específico poderá reduzi-la radicalmente", completou.

O secretário também afirmou que os bons índices serão responsáveis por manter as atividades funcionando. "Enquanto o comportamento das internações e óbitos seguirem em queda, não obstante a variação positiva de casos observados, do ponto de vista sanitário não iremos restringir atividades econômicas e sociais", disse.

Por fim, o secretário disse que o panorama atual ainda requer atenção de todos:

"O contexto da pandemia no ES é de baixo risco, vivemos a fase de recuperação, no entanto, o comportamento de alto risco (aglomerações, não usar máscaras, não zelar pelos grupos de risco, contato físico, não lavar as mãos, etc) aumenta a probabilidade de contágio a quem se expor [...] Resistimos, estamos vencendo. Venceremos!", finalizou.

Últimas