Folha Vitória Aulas serão retomadas a partir do dia 25 nas escolas municipais da Serra; veja o cronograma

Aulas serão retomadas a partir do dia 25 nas escolas municipais da Serra; veja o cronograma

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, o retorno será gradativo e obedecerá a um escalonamento

Folha Vitória
Foto: EBC
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

As aulas presenciais para alunos da educação infantil e do ensino fundamental I (do 1º ao 5º ano) serão retomadas na rede municipal da Serra a partir do próximo dia 25. A informação foi divulgada pela prefeitura do município nesta segunda-feira (10). Segundo a Secretaria Municipal de Educação, o retorno será gradativo e obedecerá a um escalonamento.

Apesar da autorização concedida pelo governo do Estado, de que as aulas presenciais podem ser retomadas nas escolas públicas e particulares localizadas nos municípios capixabas de risco alto, para estudantes das séries iniciais, apenas a Prefeitura de Vitória reiniciou as atividades nesta segunda-feira, dentre toda a rede municipal da Grande Vitória.

De acordo com a Prefeitura da Serra, as aulas presenciais no município serão retomadas no dia 25 de maio, no modelo híbrido, com escalonamento das turmas, começando pelas séries iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil. Com isso, o calendário de volta às aulas presenciais na Serra fica dessa forma:

- 25 de maio - Crianças/estudantes - 1º e 2º anos do Ensino Fundamental
- 31 de maio - Crianças/estudantes - 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental
- 07 de junho - Crianças dos Grupos 4 e 5 da Educação Infantil

Segundo a Prefeitura, as turmas em que não houver o retorno híbrido das aulas, conforme o calendário, deverão permanecer com as Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNPs) remotas.

A Secretaria de Educação do município informou ainda que, a partir desta quarta-feira (12), todas as 141 unidades de ensino da rede municipal da Serra devem retomar a abertura diária com atendimento à comunidade escolar, de segunda a sexta-feira, em horário normal de funcionamento. De acordo com a secretaria, essa reabertura vai possibilitar o preparo para o recebimento dos alunos com segurança sanitária.

Leia também: 'Alunos que viajaram nos últimos dias devem fazer quarentena', orienta Sinepe

Outros municípios

O retorno das atividades presenciais para o ensino infantil e fundamental I foi autorizado pelo governo estadual a partir desta segunda-feira, após 52 dias de escolas fechadas. As atividades devem seguir os mesmos moldes presentes nas cidades de risco baixo e moderado, ou seja, 50% dos alunos podem permanecer em sala de aula, enquanto os demais 50% permanecem no ensino remoto.

Em Vitória, o retorno das aulas, na rede municipal, ocorreu nesta segunda-feira apenas para os estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental do chamado grupo azul. Os demais alunos dessas séries — o grupo laranja — só retornarão às salas de aula no próximo dia 17, assim como as crianças dos grupos 5 e 6 da Educação Infantil. 

De acordo com a prefeitura, nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei), não haverá revezamento entre as crianças. Já as aulas para os alunos do 6º ao 9º ano ainda não têm autorização para retornar à modalidade presencial.

Em Vila Velha, o ensino continua no formato remoto, seguindo os protocolos de segurança e preservando a saúde de todos. As aulas acontecem em ambiente virtual, por meio da plataforma municipal “Escola Tá ON” e do Google Classroom (Google Sala de Aula), com as Atividades Pedagógicas Não Presenciais.

Em Cariacica, as atividades presenciais não retornam em maio. A Secretaria Municipal de Educação destacou que vai aguardar a evolução do processo de vacinação ao longo do mês e ampliar as discussões com o Sindiupes, Conselho e Fórum Municipal de Educação para planejar o retorno.

Em Viana, a prefeitura informou que o retorno da educação infantil e das séries iniciais do ensino fundamental, ou seja, do berçário até o 5° ano do Fundamental, será no dia 18 de maio. As atividades educacionais irão retornar de forma escalonada, ou seja, com rodízio entre aulas presenciais e atividades remotas em casa. Além disso, haverá escalonamento entre as turmas para evitar aglomeração. Os alunos terão dias de aulas nas escolas, onde poderão tirar dúvidas com os professores.

Últimas