Brasileiro Maurício Shogun entra no card do UFC São Paulo e encara Sam Alvey em novembro

Shogun, que está fora das lutas profissionais há quase um ano, quando sofreu uma lesão ainda no primeiro round de sua última luta

Foto: Reprodução / Instagram
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Após se recuperar de uma lesão na mão, Maurício Shogun já tem data marcada para retornar ao octógono. O meio pesado brasileiro enfrenta o norte-americano Sam Alvey no UFC São Paulo, marcado para o dia 16 de novembro, no ginásio do Ibirapuera. A informação foi confirmada pela organização em contato com a reportagem do Estado.

Shogun, que está fora das lutas profissionais há quase um ano, quando sofreu uma lesão ainda no primeiro round de sua última luta, contra o australiano Tyson Pedro, no UFC Adelaide, em dezembro de 2018, entra no evento que tem Ronaldo Jacaré e o polonês Jan Blachowicz como atração principal. Aos 37 anos, ele conta que as lesões fazem parte da carreira de atleta de alto rendimento e não sente que seu tempo fora das atividades possa prejudicar o seu retorno.

"Já passei por períodos até maiores sem lutar antes porque infelizmente as lesões fazem parte. Na minha última luta eu quebrei a mão no primeiro round e optamos por tentar um tratamento conservador pra não ficar parado muito tempo. Acabou não sendo possível e tive que operar, o que me deixou mais tempo parado. Mas minha mão já está recuperada e estou feliz em estar de volta", contou Shogun.

Questionado se a "pausa na carreira" será o seu maior desafio ao enfrentar Alvey, Shogun destaca que qualquer compromisso é uma tarefa difícil. "Toda luta é um desafio, e não existe luta fácil no UFC. Seja a primeira em muito tempo ou não. Vou dar o meu melhor como sempre, e é só isso que me cobro", afirmou.

O brasileiro, vencedor em quatro de suas últimas cinco lutas no UFC, encara o norte-americano, que soma três derrotas consecutivas pelo Ultimate. Para ele, lutar em casa será mais um ponto positivo contra o rival. "Lutar no Brasil sempre tem um significado especial, a força da torcida da uma energia a mais e isso faz toda diferença", completou Shogun.

Para os fãs que desejam marcar presença no UFC São Paulo, os ingressos estão à venda e podem ser adquiridos pelo site https://www.tudus.com.br. Restam entradas para todos os setores. O bilhete mais barato custa R$ 87,50, a meia entrada, na categoria "cadeira superior B". Ainda tem a opção do serviço "VIP Experience", com pacotes que chegam a R$ 2.800.

ALTERAÇÕES NO CARD - Depois de confirmar a saída de Rogério Minotouro do card do UFC São Paulo por lesão e a entrada de Maurício Shogun e Sam Alvey, a organização também alterou a adversária de Duda Santana. Agora a carioca enfrenta a norte-americana Tracy Cortez. A antiga adversária, Leah Letson, foi cortada do evento após se machucar.

Confira o card do UFC São Paulo até o momento:

Jan Blachowicz x Ronaldo Jacaré

Maurício Shogun x Sam Alvey

Antônio Arroyo x Kevin Holland

Markus Perez x Jack Marshman

Serginho Moraes x James Krause

Francisco Massaranduba x Bobby Green

Duda Santana x Tracy Cortez

Ariane Lipski x Priscila Cachoeira