Folha Vitória Confira 3 motivos para variar a sua carteira de investimentos hoje

Confira 3 motivos para variar a sua carteira de investimentos hoje

Descubra como montar um portfólio de investimento variado e adequado para o seu futuro

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O segredo pra investir com sucesso é aprender a diversificar. É claro que o conhecimento sobre onde aplicar o dinheiro conta bastante. E a sua capacidade financeira de colocar dinheiro em uma modalidade também ajudam nesse sucesso. Mas, a regra número um para qualquer investidor é a variação das possibilidades.

Diversificar a carteira, além de reduzir os riscos, vai possibilitar muitos benefícios nessa jornada. Quer saber mais sobre o assunto? Então, leia o conteúdo até o final para conhecer 3 motivos para apostar na diversificação.

O primeiro motivo da diversificação dos investimentos é a redução do risco é a redução do risco. E isso é importante para que um investimento mais volátil, como é o caso da renda variável, seja compensado por outros mais estáveis e até seguros. Sabe aquela história de não colocar todos os ovos dentro da mesma cesta? Então, no caso dos investimentos é a mesma coisa.

Se você aposta apenas em uma modalidade de alto risco, tem grande chance de perder todo o dinheiro da sua carteira. Portanto, como um investidor preparado para qualquer oscilação do portfólio, é recomendável diversificar as suas aplicações de forma inteligente. Assim, você terá mais previsibilidade sobre a quantia de dinheiro que poderá ser perdida, em caso de variações negativas, mas ainda terá parte da carteira protegida.

Então, na hora de pensar no seu portfólio, considere o risco e o retorno, além da aposta em várias modalidades diferentes.

O motivo número dois da lista tem como foco o controle da liquidez do investimento. E se você não sabe o que é liquidez, nós explicamos rapidamente. Liquidez é a capacidade de conversão de um bem em dinheiro. Ou seja, é a rapidez com a qual você consegue se desfazer de algo que você possui para receber dinheiro em mãos.

E no caso dos investimentos, é a velocidade que você consegue resgatar o dinheiro aplicado em alguma oportunidade. Com esse conceito conhecido, você precisa investir seu dinheiro de forma consciente, escolhendo algumas modalidades com alta liquidez — que sirvam como uma reserva de emergência —.

E também aplicando o dinheiro em investimentos de longo prazo, sem a capacidade de liquidez Isso vai te deixar prevenido contra imprevistos financeiros e, da mesma forma, também vai permitir que você mantenha algum dinheiro investido para o futuro. Portanto, controlar a liquidez é uma forma de se prevenir e, ao mesmo tempo, garantir que alguma parte do portfólio não possa ser resgatada antes do prazo.

O último motivo de apostar na diversificação de investimentos é ter mais controle da rentabilidade da sua carteira. Da mesma forma que reduzimos riscos e controlamos a liquidez com a variação do patrimônio, também podemos gerenciar melhor a rentabilidade com a diversificação. Nesse caso, estamos falando de aplicar parte do dinheiro em ativos de renda fixa com alta liquidez, baixa rentabilidade e baixo risco, por exemplo.

Mas também estamos falando em apostar nas suas contrapartes, com investimentos de alto risco e alta rentabilidade — e, normalmente, alta liquidez. Assim, você terá um portfólio diverso, onde parte dos investimentos estão protegidos, mas também terá uma parte da carteira que buscará o alto retorno.

E como começar a fazer a diversificação?

O primeiro passo na diversificação é a compreensão do ciclo financeiro. Se você ainda não tem dinheiro suficiente guardado, essa fase será de acumulação. Guarde o máximo de capital que você puder, sem comprometer a renda da família, e escolha opções mais seguras para iniciar, como o tesouro direto ou o peer-to-peer para imóveis, que falamos em outro vídeo e vamos deixar o link na descrição.

Com os investimentos iniciais realizados, você entrará na fase de rentabilização, onde precisará esperar o retorno desses investimentos para reaplicar o dinheiro em novas modalidades. Posteriormente, com uma boa quantia acumulada e dedicada à criação da carteira de investimentos, é hora de começar a diversificar com a escolha de produtos mais arrojados, onde o retorno é maior, assim como o risco.

Mas lembre-se: também considere o seu perfil de risco de investidor, assunto que também já fizemos um vídeo supercompleto, na hora de montar seu portfólio de investimentos. Assim, conforme seu grau de tolerância aos riscos, suas escolhas pelos diversos tipos de investimentos ficarão mais fáceis e assertivas.

Últimas