Folha Vitória Conheça as cachoeiras para colocar no roteiro e aproveitar o verão no ES

Conheça as cachoeiras para colocar no roteiro e aproveitar o verão no ES

Nem todo mundo que quer se refrescar e aproveitar a estação mais quente do ano, procura agito e badalação. Muitos preferem a paz e o sossego de cachoeiras, aproveitando ao máximo a natureza

Quando se fala em verão, a primeira coisa que vem à cabeça é sol e praia. Nesta época do ano, capixabas e turistas não abrem mão de curtir os dias de calor se refrescando nas inúmeras praias espalhadas pelo Espírito Santo. O balneário de Guarapari, por exemplo, é um dos mais badalados e já se tornou um point para pessoas de todas as idades.

Por outro lado, nem todo mundo que quer se refrescar e aproveitar a estação mais quente do ano, procura agito e badalação. Muitos preferem a paz e o sossego de cachoeiras, aproveitando ao máximo a natureza e tudo o que ela oferece. A boa notícia é que, além de praias lindas que são até cartões postais, o cenário capixaba também é composto por cachoeiras belíssimas.

Confira algumas:

Matilde

Foto: pinterest
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O distrito de Alfredo Chaves conta com diversas opções de cachoeiras. Entre elas, a mais conhecida é a Engenheiro Reeve, que fica em Matilde. É considerada uma das maiores do Estado, com cerca de 70 metros de queda livre. Cercada por matas e com um vale na frente, o local é um dos principais cartões postais do município.

>> Como chegar: o caminho saindo de Vitória é seguir pela BR-262, entrar no trevo para Araguaia (que fica em um posto de gasolina), no município de Marechal Floriano. Continuar pela ES-376 até Matilde.

Cachoeira Pedra Roxa

Foto: TripAdvisor
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A 225 km da Capital, o município de Ibitirama abriga uma riqueza natural que impressiona. Entre os rios, cachoeiras e montanhas, o local que mais se destaca é a famosa Cachoeira Pedra Roxa. A cachoeira também é conhecida como Águas Verdes, é cercada por montanhas e possui piscinas de água natural e cristalinas. O local tem espaço para camping e um visual que impressiona os visitantes.

>> Como chegar: passando pela BR 101 com destino a Cachoeiro, é só entrar na BR 482 até o município de Dores do Rio Preto e seguir até o distrito de Pedra Menina, logo após na portaria do parque. No percurso é possível conhecer de imediato a entrada do Parque Nacional do Caparaó, onde fica a portaria e o único acesso ao Pico da Bandeira pelo território do ES.

Hidrolândia

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Em Iúna, Hidrolândia é um atrativo e tanto para quem gosta de contemplar a natureza, se aventurar e tomar banho de cachoeira. O local é um complexo de cachoeiras do Rio Brás. Um dos lugares mais frequentados pelos banhistas é um poço formado por uma queda de água cristalina que conta com uma grande variedade de pedras, o que chama atenção e deixa a região ainda mais bonita.

>> Como chegar: saindo de Vitória e pegando a BR 262 sentindo Minas Gerais são 200km. A entrada para Hidrolândia não esta sinalizada, mas fica a cerca de 300 metros antes de chegar ao Posto Fiscal da Secretaria da Fazenda do ES. Logo ao chegar, é possível ver uma entrada a esquerda, uma descida em estrada de chão.

Parque da Cachoeira da Fumaça

Foto: IEMA
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Criado em 1990, o Parque Estadual da Cachoeira da Fumaça, tem uma beleza cênica que atrai milhares de visitantes. Além da queda d'água de 144 metros, o parque também é formado por trilhas que é um atrativo a mais. O acesso é gratuito e não é necessário agendar para visitação, a não ser que for um grupo muito grande de pessoas.

>> Como chegar: o acesso é feito a partir da rodovia ES-387, aproximadamente no meio do trecho que liga Ibitirama/ES a Celina/ES. Na rodovia há uma placa de sinalização que indica a estrada pavimentada de 2km que dá acesso à portaria do Parque. Quem vai de ônibus de Alegre, pode pegar o que vai para Ibitirama e pedir para o motorista parar na estrada de acesso ao Parque. São 2km de caminhada até o Parque.

Cachoeira Véu de Noiva

Foto: pelomundocommanu.com
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Com uma queda de 70 metros e cercada de belezas naturais da Mata Atlântica, a cachoeira Véu de Noiva, em Santa Leopoldina, é uma das mais conhecidas do Estado. Ela fica dentro do Parque Véu de Noiva e conta com outros atrativos como camping, pousada, trilhas e piscinas naturais.

>> Como chegar: o acesso para quem sai de Vitória, pode ser feito pela BR-101 Sul, entrando em Alto Lage com destino a Cariacica (sede) e de lá seguindo pela rodovia ES-080, que liga Cariacica a Santa Leopoldina (47 Km – asfalto). Chegando a cidade siga pela rodovia Bernardino Monteiro até a comunidade do Chaves (9km da sede).

Cachoeira Alta

Foto: trilhandomontanhas.com
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Localizada no distrito de São Vicente, em Cachoeiro de Itapemirim, a Cachoeira Alta tem cerca de 100 metros de altitude, com águas cristalinas ideais para banho. O local é excelente para um descanso no fim de semana e também tem como atrativo uma pequena praia em volta da queda.

>> Como chegar: saindo de Cachoeiro é só pegar a ES-482 que leva até Jerônimo Monteiro e nela quebrar para a ES-166. No km 6 estará a entrada para a comunidade de São Vicente. Quem quiser chegar a cachoeira, a entrada dela fica antes de São Vicente, antes da ponte.

Últimas