Folha Vitória Criança de 8 anos é baleada durante troca de tiros; outras duas pessoas também foram atingidas

Criança de 8 anos é baleada durante troca de tiros; outras duas pessoas também foram atingidas

A criança estava em um parquinho quando foi baleada; moradores contam que tiroteios ocorrem constantemente no bairro

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma troca de tiros no bairro Joana D'arc, em Vitória, nesta quinta-feira (22), deixou três pessoas feridas. Entre elas, uma criança de apenas 8 anos, que foi atingida no braço. Moradores contaram que os tiroteios ocorrem quase todos os dias.mO retrato da violência pode ser visto nos muros das casas. 

Segundo moradores, foram mais de 50 tiros nesta quinta. Eles contaram para os policiais que os criminosos desceram por uma escada atirando de um lado, enquanto outro grupo desceu pelo lado oposto.

Uma mulher que estava dentro de casa, um rapaz que passava pela rua e uma criança que brincava em um parque foram atingidos.

"Foram muitos tiros, as crianças estavam no parque, também tinha duas moradoras conversando. De repente, nós ouvimos tiros como se fossem de bombinha Foi muito tiro, mais de 50. Acertou a criança e um homem nas pernas", contou uma moradora que preferiu não se identificar.

As três vítimas foram levadas para hospitais da região. Segundo informações da polícia, o tiro acertou o braço da menina de raspão. O estado de saúde dos outros dois baleados não foi informado pela polícia. 

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Minutos após o tiroteio, um helicóptero do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (Notaer) sobrevoou a região em busca de suspeitos.

Segundo os moradores, no parquinho em que a criança estava brincando quando foi baleada, havia mais sete crianças. 

Medo constante

Os moradores também contaram que os tiroteios tem sido constantes e que praticamente todos os dias, o desespero é o mesmo.

"Essa é a única pracinha e costuma ter muita criança. Eles estão vindo sem saber em quem atirar e acabam atirando para todo canto", disse a moradora.

Por meio de nota, a Polícia Militar informou que equipes da força tática reforçam o policiamento na região, já a Polícia Civil disso que até o momento, nenhum suspeito foi detido. As investigações ainda seguem em andamento e não há mais detalhes.

* Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV.

Últimas