Folha Vitória Dia Mundial do Pão: rico em história e sabor, o pão encanta o paladar dos capixabas

Dia Mundial do Pão: rico em história e sabor, o pão encanta o paladar dos capixabas

Que tal compartilhar a sua receita favorita com a gente? O Folha Vitória quer saber como você gosta do seu pãozinho

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Logo ao acordar, não demora para bater aquela fome, não é verdade!? A primeira coisa que vem à cabeça de muitas pessoas ao redor do mundo é comer um pão quentinho e saboroso. Independente do formato ou do complemento, o pão faz parte de diversas culturas e pode ser apreciado em diferentes tipos de refeições. Por isso, ele ganhou uma homenagem: o Dia Mundial do Pão, celebrado nesta sexta-feira (16). 

O que a maioria das pessoas desconhecem é que um simples pãozinho pode ser rico em vitamina D, um nutriente importante para o organismo, mas que está carente em cerca de 28% da população. O pão enriquecido com a vitamina é vendido em diversas padarias do Espírito Santo. 

A campanha foi criada pelo Sindicato das Indústrias de Panificação do ES (Sindipães) e pela Associação da Industria de Panificação do Estado do Espírito Santo (Aipães), em parceira com a PMAN. Para encontrar uma padaria com o pão rico em vitamina D perto de você, basta acessar o site Padarias em Ação. Os pães ainda são produzido com fermento natural. 

Um alimento cheio de história

Foto: Reprodução/Pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Segundo os registros históricos, estima-se que o pão fermentado foi criado 4000 a.C., pelos egípcios. O povo romano foi responsável por levar o alimento para a Europa e começar a espalhar essa guloseima pelo mundo. 

Atualmente, o alimento versátil pode ser encontrado no café da manhã, no lanche da tarde, em pratos do almoço ou jantar, ser o destaque da gastronomia ou parte de um simples sanduíche de presunto do seriado da televisão. Independente da forma de apresentação, é difícil encontrar alguém que resista! 

Novas receitas

Tanto tempo de história, faz com que a receita do pão seja reinventada constantemente. A guloseima já ganhou novos formatos, ingredientes especiais, coberturas e até recheio. O pão pode ser consumido fresco, como torrada ou, ainda, ser usado para criar novas receitas deliciosas, como torta ou pudim. Todos os dias, novas pessoas tem o paladar conquistado mundo à fora. 

Para a chef da padaria artesanal Empório Joaquim, Patrícia Santos Neves, a fermentação natural tem ganhado destaque na rotina dos consumidores. “Os pães de fermentação natural se sobressaem pelo fato de que são feitos com matéria-prima capaz de atuar como um perfeito conservante natural, fazendo o alimento durar mais tempo e reduzindo o número de vezes que as pessoas saem para repor o ‘estoque’", ressaltou.

Cada região do mundo une características de suas culturas para dar novos formatos e agregar ingredientes ao pãozinho. Há quem se derreta feito manteiga com um pão quentinho... Só de ouvir falar em um pão com ovo, com uma linguiça ou com mortadela, já ficamos com água na boca! 

Que tal compartilhar a sua receita favorita com a gente? O Folha Vitória quer saber como você gosta do seu pãozinho. Juntos, vamos celebrar o dia da forma que ele merece: com um apetitoso pão. 

Últimas