Folha Vitória "Disparo" pelo WhatsApp, boca de urna, santinhos: veja como denunciar irregularidades

"Disparo" pelo WhatsApp, boca de urna, santinhos: veja como denunciar irregularidades

O eleitor capixaba pode denunciar qualquer irregularidade em diversos canais de atendimento, inclusive neste domingo (29) dia da eleição no segundo turno

Folha Vitória
Foto: Divulgação/MPES (15/11/2020)
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Com quase seis mil denúncias até o último sábado (28), no Espírito Santo, o eleitor capixaba pode continuar registrando denúncias neste domingo (29), dia da eleição.

Veja tudo no Guia Eleições 2020

O eleitor pode denunciar qualquer irregularidade em diversos canais de atendimento da Justiça Eleitoral ou do Ministério Público do Espírito Santo (MPES).

É importante que o eleitor reúna o máximo de provas possíveis para que a denúncia seja comprovada. Fotos e vídeos são aceitos. Saiba como denunciar:

1) Pelo aplicativo Pardal;

2) Para "disparos" de mensagens em massa pelo WhatsApp, a Justiça Eleitoral preparou um formulário específico. Acesse aqui;

3) Através do endereço eletrônico do MPES;

4) Pelo telefone 127;

5) Pelo sistema de ouvidoria do MPES.

Balanço das denúncias

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Apenas o aplicativo Pardal, da Justiça Eleitoral, registrou até a manhã do último sábado (28), 5.950 denúncias de irregularidades por propaganda eleitoral, no Espírito Santo.

Veja a lista completa por município

Os municípios mais populosos e que estão no segundo turno foram os que mais registraram denúncias. Vila Velha teve 1.351 registros, seguido de Vitória, 796, e Cariacica vem em terceiro com 574 reclamações. Serra registrou 377 denúncias.

Últimas