Folha Vitória ES investiga quatro casos de varíola bovina em humanos

ES investiga quatro casos de varíola bovina em humanos

Transmissão da doença entre bovino e humano acontece por contato direto com a mama do animal, no momento da ordenha

Folha Vitória
Foto: Arquivo/Agência Brasil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Quatro casos de varíola bovina em seres humanos são investigados pela Secretaria de Estado da Saúde no Espírito Santo. Segundo a pasta, eles aconteceram na chamada "região central", sem especificar quais cidades. 

Os pacientes suspeitos são acompanhados por técnicos da Sesa, dos municípios envolvidos e também do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf). Até o momento, a doença foi diagnosticada em 24 vacas. 

De acordo com a Sesa, há uma orientação repassada para as vigilâncias epidemiológica e sanitária das prefeituras e também das localidades vizinhas sobre o manejo clínico da doença. A secretaria lembrou, por nota, que a varíola humana foi erradica do mundo há mais de 40 anos.

Transmissão na ordenha

A transmissão da doença entre bovino e humano acontece por contato direto com a mama do animal, no momento da ordenha. Apesar de pequena gravidade, traz transtornos para o trabalhador, que fica impedido de atuar. 

O Idaf informa que a pessoa infectada apresenta reação alérgica nas mãos e deve procurar rapidamente um posto de saúde para ser medicada.

De acordo com a Sesa, não há necessidade de sacrifício dos animais nem restrições para a comercialização do leite. Entretanto, ela ressalta que é obrigatória a inspeção sanitária do alimento em estabelecimento devidamente registrado no serviço de inspeção oficial.

Últimas