Folha Vitória Escolas de samba do ES participam de campanha de doação de sangue envolvendo prêmios

Escolas de samba do ES participam de campanha de doação de sangue envolvendo prêmios

Agremiação que mais levar doadores ao Hemoes poderá sortear uma carteira de motorista entre eles

Folha Vitória
Foto: Vitor Machado e Gustavo Fernando
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

As escolas de samba do Espírito Santo podem até não desfilar neste mês, por causa da pandemia do coronavírus, mas nem por isso estarão com as atividades suspensas. Elas vão trocar a disputa na avenida do Sambão do Povo, que seria no p´róximo final de semana, por uma competição em nome da solidariedade. As agremiações irão participar de uma campanha coletiva de doação de sangue em apoio ao Centro de Hematologia e Hemoterapia do Espírito Santo (Hemoes).

Ao longo de fevereiro, a escola que levar mais doadores ao Hemoes será premiada. O objetivo é manter ativo o estoque de bolsas de sangue em um mês em que é conhecido pelo baixo número de doações. 

O presidente da Liga das Escolas de Samba do Grupo Especial (Liesge) e da Liga Espírito-santense de Escolas de Samba (Lieses), Edson Neto, explicou que o espírito da alegria do carnaval é muito bem-vindo quando se trata de ação de ajuda ao próximo. "Nossas agremiações vão estar sempre presentes em ações solidárias. Para se ter uma ideia da importância de ser um folião doador, uma doação pode beneficiar até quatro pessoas. Ainda mais em tempos de pandemia, onde contribuir com a saúde de nossa população é praticamente uma obrigação", garantiu. 

Premiação

A escola de samba que conseguir mobilizar mais doadores poderá fazer, entre eles, um sorteio de uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou de mudança de categoria em auto escola, caso a pessoa já seja habilitada. A segunda colocada receberá uma geladeira e a terceira, um fogão. 

A campanha, segundo Neto, será divulgadas nas redes sociais das ligas e também das escolas.  É possível também agendar a doação junto ao Hemoes. Basta ligar para o número 3636-7920 ou acessar capthemoes@saude.es.gov.br.

Requisitos

Para doar sangue é preciso ter de 16 a 69 anos de idade, sendo que a primeira doação deve ser feita obrigatoriamente até os 60 anos. Menores de 18 anos só podem doar com a autorização dos responsáveis. Não é necessário estar em jejum, apenas devem-se evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e bebidas alcoólicas 12 horas antes. Ao comparecer no Hemoes, levar um documento oficial com foto.

Onde doar

O Hemocentro funciona de segunda a sábado, das 7h às 17h, e fica na avenida Marechal Campos, ao lado do Hospital das Clínicas, em Maruípe, Vitória.

Últimas