Folha Vitória Fugitivo do sistema penitenciário é baleado e pede ajuda no quartel do Corpo de Bombeiros

Fugitivo do sistema penitenciário é baleado e pede ajuda no quartel do Corpo de Bombeiros

O homem se recusou a contar para a polícia quem teria atirado contra ele e o que teria motivado o crime

Folha Vitória
Foto: Reprodução Google Street View

Um homem foi baleado, na madrugada desta quinta-feira (14), na Enseada do Suá, em Vitória. O rapaz, de 33 anos, correu e pediu ajuda no quartel do Corpo de Bombeiros. A vítima havia fugido do presídio no final do ano passado. 

O rapaz chegou no quartel por volta das 4h da madrugada. Ao perceber que o homem havia sido baleado, os bombeiros que estavam de plantão acionaram a Polícia Militar. 

Uma ambulância do Samu esteve no local para socorrer a vítima. Após receber o primeiro atendimento, o homem foi levado para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência. 

O médico que atendeu o rapaz contou que ele havia sido baleado na mão esquerda e que tinha diversos ferimentos pelo corpo. A vítima precisou ficar internada e, por isso, uma escolta da polícia esteve no hospital. 

Os militares tentaram conversar com o homem para entender o que havia ocorrido e tentar localizar o suspeito do crime, mas ele se recusou a falar sobre  assunto. Para a polícia, o rapaz disse, apenas, que estava em uma saidinha do sistema penitenciário. 

De acordo com a Secretária Estadual de Justiça (Sejus), o homem cumpre pena pelo crime de roubo na Penitenciária Semiaberta de Vila Velha. Consta no sistema que, no último dia 30 de dezembro, o rapaz fugiu do local. A Sejus informou ainda que, assim que receber alta, o rapaz irá retornar para o presidio. 

No hospital, o quadro de saúde do homem não foi divulgado. Até o momento, nenhum suspeito foi detido. Segundo a Polícia Civil, a ocorrência foi registrada como lesão corporal, crime que depende da manifestação da vítima, por meio do registro do Boletim de Ocorrência, para que haja investigação.

*Com informações do repórter Matheus Brum, da TV Vitória/Record TV. 

Últimas