Folha Vitória Guarda Municipal de Vila Velha realiza aquisição de armas de choque

Guarda Municipal de Vila Velha realiza aquisição de armas de choque

Além do armamento, os investimentos incluem a aquisição de quatro novas viaturas e 211 coletes balísticos

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Com o objetivo de realizar abordagens mais seguras durante as ações operacionais e manter a eficácia nas operações diárias, a Prefeitura de Vila Velha entra em processo de aquisição de 110 novos dispositivos não letais (arma de choque), também conhecidas como "Spark". O investimento para os novos equipamentos é de R$ 425.299,60.

Também chamada de dispositivo elétrio não incapacitante, a armão não é letal. No momento do disparo ela emite pulsos elétricos e provoca a queda do indivíduo atingido enquanto estiver sob a ação da arma elétrica. A arma atinge o sistema neuromuscular causando desorientação e contrações musculares.

O secretário de Defesa Social e Trânsito, coronel Oberacy Emmerich Júnior, explica que o objetivo do equipamento é a proteção. "A Spark é indicada para situações específicas, permitindo que diminua o risco de lesão ao suspeito e o agente. É um equipamento não letal, que auxiliará o trabalho dos guardas na proteção do cidadão", afirma.

Nos investimentos, também está incluída a aquisição de quatro novas viaturas com um valor total de R$ 660 mil e 211 novos coletes balísticos com recursos de aproximadamente R$ 360 mil.

São veículos do tipo caminhonetes 4X4 adaptados para o uso operacional e caracterizados com o mesmo padrão de layout e sinalização das viaturas atuais, e 175 coletes balísticos masculinos e 36 femininos, adquiridos por meio de um convênio com o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Além dos investimentos, a corporação também será contemplada com a doação do governo estadual de 300 pistolas e 20 carabinas ponto 40, além de outras 20 espingardas calibre 12.

Últimas