Folha Vitória Homem com deficiência visual é agredido após passar a mão nas partes íntimas de mulher

Homem com deficiência visual é agredido após passar a mão nas partes íntimas de mulher

O caso aconteceu em um bar de Vila Velha. O homem tentou explicar que tinha deficiência visual para a mulher e o marido, mas eles não...

Folha Vitória
Foto: Suellen Araújo
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma confusão em um bar na região de Jardim Colorado, em Vila Velha, terminou na delegacia. Um homem com deficiência visual, de 50 anos, foi agredido após passar a mão nas partes íntimas de uma mulher. Ele tentou explicar que não agiu de propósito, mas o marido da mulher acabou dando socos no rosto dele.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo de notícias no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram

A briga entre os dois homens aconteceu na noite de domingo (15). A Polícia Militar foi acionada e esteve no estabelecimento. Os militares contaram que ouviram duas versões diferentes sobre o ocorrido.

O suspeito de ter começado a confusão e de ter batido na vítima contou que estava no estabelecimento acompanhado da esposa. Os dois conversavam e curtiam o momento de lazer, quando, segundo ele, viu o suspeito se aproximar e passar a mão nas partes íntimas da mulher. O casal teria ficado nervoso com a situação.

LEIA TAMBÉM: Foragido da Justiça acusado de homicídio no ES é preso nos EUA

O homem agredido, de 58 anos, disse que é deficiente visual. Por não enxergar, ele disse que não teve a intensão de desrespeitar a mulher. A vítima contou que já tinha explicado ao suspeito o ocorrido, mas ele não acreditou.

Os militares tentaram ouvir testemunhas que estavam no bar, mas como as versões eram desencontradas, os policiais decidiram levar os envolvidos para a delegacia.

LEIA TAMBÉM: Mais um anestesista é preso suspeito de estuprar mulheres em cirurgias no Rio

O suspeito disse que as lesões na vítima foram causadas por uma queda após um empurrão. Na delegacia, uma das testemunhas ainda ameaçou o homem que continuava afirmando ser deficiente visual.

De acordo com a polícia, todos os conduzidos foram ouvidos pelo delegado. O suspeito de agredir o homem assinou um termo circunstanciado por lesão corporal e foi liberado. Ele deverá comparecer em juízo sempre que solicitado. Nenhum dos envolvidos no caso quis falar sobre o ocorrido.

*Com informações da repórter Suellen Araújo, da TV Vitória/Record TV.

Últimas