Folha Vitória Indiana dada como morta, acorda momentos antes da cremação

Indiana dada como morta, acorda momentos antes da cremação

A idosa de 76 anos desmaiou no momento em que a família procurava um hospital para interná-la devido a covid-19

Folha Vitória
Foto: pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Após ter sido dada como morta, uma idosa de 76 anos acordou momento antes de ser cremada em uma pequena vila chamada Mudhale, situada no oeste da Índia. A mulher foi diagnosticada com covid-19 e familiares acharam que a idosa teria morrido após ela desmaiar durante o trajeto para o hospital.

De acordo com o jornal India Today, a paciente Shakuntala Gaikwad foi diagnosticada com infecção do coronavírus no começo de maio. Depois de passar alguns dias em casa, no dia 10 de maio, o estado de saúde da idosa piorou e a família a levou para a cidade de Baramati, a cerca de 30 quilômetros da vila.

Enquanto os familiares de Shakuntala procuravam um hospital para interná-la, a idosa passou mal e desmaiou dentro do carro. Os familiares perceberam que a mulher não se mexia mais e deduziram que ela teria morrido. Sendo assim, voltaram com ela até a vila de Mudhale para a realização dos rituais de cremação, seguindo as tradições do hinduísmo.

A idosa foi colocada em uma pequena embarcação, para dar início ao velório, antes da cremação. Nesse momento, ela soltou um gemido e acordou deixando a família em estado de choque. Imediatamente após acordar, a mulher foi levada para um hospital da região, onde segue internada. O caso aconteceu na semana passada e até o momento não há mais informações a respeito do estado de saúde.

Com o rápido crescimento no número de casos de covid-19 na Índia, o país acumula atualmente mais de 25 milhões de infecções confirmadas e ocupa o segundo lugar no ranking de casos no mundo e o terceiro maior número de mortes com 278,7 mil óbitos. Nas últimas 24 horas foram mais de 4,3 mil mortes registradas.

* Com informações do Portal R7

Últimas