Folha Vitória Linha Verde: Pazolini assina decreto que acaba com faixa exclusiva na orla de Camburi

Linha Verde: Pazolini assina decreto que acaba com faixa exclusiva na orla de Camburi

Antes mesmo de assumir o cargo, o prefeito de Vitória já havia garantido que uma de suas ações seria acabar com a chamada Linha Verde

Folha Vitória
Foto: Prefeitura de Vitória/ Flávio Almeida
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini (Republicanos), assinou nesta quarta-feira (27) o decreto de extinção da faixa exclusiva para ônibus, vans, táxis e veículos com três ou mais pessoas — a chamada Linha Verde — na Avenida Dante Michelini, na orla de Camburi. Antes mesmo de assumir a prefeitura, no dia 1º deste mês, Pazolini já havia garantido que uma de suas ações, enquanto prefeito, seria acabar com a faixa exclusiva, que foi criada durante a gestão de seu antecessor, Luciano Rezende (Cidadania).

Para Pazolini, a Linha Verde é ineficaz e precisava ser encerrada para melhorar o trânsito na capital. “Nós temos esse compromisso de, ainda no primeiro mês de mandado, fazer a extinção inicial, tirar a Linha Verde do ordenamento jurídico municipal, para que isso não seja um entrave para a cidade, mas com o compromisso de dialogar”, explicou o prefeito, durante entrevista para a TV Vitória/Record TV, no dia 30 de novembro.

Na ocasião, Pazolini também admitiu a possibilidade de, em um segundo momento, haver uma conversa com setores da sociedade, para debater o retorno da Linha Verde, porém seguido um outro modelo. “A Linha Verde, no modelo atual, não atende o interesse coletivo. Ela gera transtornos, gera engarrafamento nos horários de pico. Então esse modelo não será mais adotado em Vitória”, concluiu. 

Últimas