Folha Vitória Manter o corpo ativo é fundamental durante a pandemia, dizem especialistas

Manter o corpo ativo é fundamental durante a pandemia, dizem especialistas

As atividades físicas ajudam a fortalecer o sistema imunológico e a aumentar e melhorar a capacidade do corpo de combater infecções

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os cuidados com a covid-19 vão além dos já conhecidos “usar a máscara e higienizar as mãos”. De acordo com especialistas, em momentos como o que vivemos é importante manter o corpo e a mente ativos.

“Além das recomendações de usar máscaras e se proteger para evitar contaminações, duas coisas muito importantes são exercícios físicos, que seja uma caminhada leve, e manter a mente ativa. Fazer um curso, treinamento, alguma coisa que mude o foco da doença”, disse o doutor em pneumologia, Luziélio Alves Sidney Filho.

Mais que manter o corpo ativo, de acordo com o personal trainer Wagner Costa, pós-graduado em fisiologia e nutrição, a prática de exercícios ajuda a aumentar a imunidade.

“As atividades físicas ajudam a fortalecer o sistema imunológico e a aumentar e melhorar a capacidade do corpo de combater infecções, pois ativam as células de defesa, estimulam a produção de substâncias anti-inflamatórias e possuem ação antioxidante, o que melhora o funcionamento das células do sistema imunológico”, explicou.

Atividade física para todas as idades

Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) os idosos devem realizar cerca de 150 minutos por semana em atividade aeróbica e também incluir o treino musculação para fortalecer os ossos e a resistência.

Essas atividades fortalecem o sistema locomotor, e também servem para melhorar o equilíbrio e a flexibilidade dos idosos.

“É aconselhável realizar o treino de musculação de 2 a 3 vezes por semana, dividindo a rotina em exercícios para a parte superior do corpo, centrados nos grandes grupos musculares (costas, ombros e tórax), por meio de movimentos de puxar e empurrar”, disse Wagner.

Corpo ativo mesmo longe das academias

Alguns exercícios devem ser incluídos em todas as rotinas dos idosos. Entre eles estão se levantar e sentar em uma cadeira sem usar os braços, andando na ponta dos pés, com os calcanhares, em pé com apenas um suporte, e assim por diante. 

Com esses exercícios, a habilidade é adquirida pouco a pouco, proporcionando segurança para a pessoa realizar qualquer atividade do seu dia a dia.

“Caminhadas, atividades na água, alongamento, dança e musculação são atividades que desenvolvem flexibilidade, equilíbrio e força muscular, e que são de fácil realização para não causar lesões. As caminhadas, além de promoverem o convívio social, fortalecem os músculos e as articulações e melhoram o ritmo cardíaco”, finalizou. 

Últimas