Folha Vitória Mercado voltado a pessoas com diabetes ganha bolsa térmica para insulina

Mercado voltado a pessoas com diabetes ganha bolsa térmica para insulina

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 13 milhões de brasileiros sofrem com essa doença

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Para levar uma vida saudável, a pessoa com diabetes precisa seguir uma rotina que envolve vários cuidados, desde a alimentação balanceada até atividades físicas regulares e controle diário dos níveis glicêmicos. E, nessa rotina, a insulina, para muitas pessoas, é sua companheira inseparável.

No entanto, para que mantenha sua eficácia, a insulina não pode sofrer variações térmicas e aí surge esta questão: como transportar, de modo correto e com estilo moderno, o medicamento no dia a dia?

A partir da escassez no mercado de opções de bolsas com design arrojado e adequadas para transportar insulina, a influenciadora digital Beatriz Scher buscou uma empresa com expertise em cadeia fria para ser a responsável pela função térmica do acessório. Assim, surgiu a Bolsa Térmica Biabética, que está sendo lançada hoje (8 de novembro).

O modelo, desenvolvido por Beatriz, que tem 28 anos e é diabética desde os 6 é unissex e, graças à tecnologia do Grupo Polar – líder nacional em cold chain –, permite transportar o medicamento de acordo com a função térmica exigida pelos laboratórios. A bolsa possui repartições de resfriamento, que mantêm o produto na faixa de temperatura especificada para casos de embalagens abertas e em uso.

O produto está qualificado com o selo de qualidade do Valida, o laboratório de ensaios térmicos do Grupo Polar, o qual está no mercado há mais de 15 anos. “Para atender à performance térmica, o gelo Ice Foam, que acompanha a bolsa deve ser congelado por no mínimo 48 horas em freezer comum (doméstico). Seguindo corretamente esse procedimento, será possível manter a temperatura interna da bolsa em até 20ºC por 8 horas. Além disso, após o descongelamento, o Ice Foam possui uma tecnologia que absorve a água de condensação, permitindo que os compartimentos internos da bolsa não molhem e, muito menos, os medicamentos, não danificando os cartuchos ou a integridade do produto e, consequentemente, não prejudicando a sua eficiência”, explica a farmacêutica Priscila Canassa.

Beatriz Scher é influenciadora digital, compartilha a sua rotina de cuidados com o diabetes nas redes sociais pelo perfil @biabetica, ajudando as pessoas a lidar melhor com a doença por meio de conteúdos educativos. www.instagram.com/biabetica e www.youtube.com/biabetica.

Há 20 anos, o Grupo Polar oferece soluções completas em todos os elos da cadeia fria e foi a primeira a desenvolver elementos refrigerantes e equipamentos de monitoramento, além de qualificar embalagens, ambientes, equipamentos e frotas refrigeradas. Integra verticalmente todas as atividades desenvolvidas pelas empresas Polar Técnica, Cibragel, Valida e a loja virtual Polar Store. É a única empresa do setor a ter a certificação ISO 9001:2015. 

Últimas