Folha Vitória Moto comprada há menos de 10 dias é roubada atrás de shopping em Cariacica

Moto comprada há menos de 10 dias é roubada atrás de shopping em Cariacica

Proprietário contou que a moto foi comprada para ser utilizada como ferramenta de trabalho

Folha Vitória
Foto: arquivo pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um casal teve a moto roubada nos fundos de um shopping em Cariacica. O veículo, que havia sido comprado há menos de 10 dias, seria utilizado pelo proprietário para fazer entregas e complementar a renda.

A moto é do estoquista Jhonatan Victor da Silva. Ele decidiu sair com a esposa, a auxiliar administrativa Lohany Neitzel. O objetivo seria dar um passeio em um shopping de Cariacica após o trabalho.

Lohany já tinha chegado e o marido foi encontrá-la no local. O rapaz estacionou a moto na parte de trás do shopping. Na hora de irem embora, por volta de 21h30, o veículo não estava no local.

Testemunhas disseram para o casal que viram um rapaz saindo com uma moto, subindo uma rua e indo em direção à BR-262.

"Como tinha várias outras motos, eu estacionei achando que seria seguro. Deixei a moto parada, travei o guidom, subi para o shopping, fiquei em torno de uma hora lá dentro. Quando a gente voltou e a moto não estava lá, a gente entrou em desespero e pedimos ajuda aos seguranças para pegar as imagens. Ele disse para nós ligarmos para a polícia, pedir uma ação extrajudicial para nos fornecer as imagens", contou o rapaz.

Leia também: 

>> Advogado investigado pelo MPES está foragido há uma semana

>> 'Baby crack': mãe e filho são presos após PM encontrar drogas dentro de boneca no ES

O estoquista contou que a moto foi comprada por meio de financiamento. Ele deu uma entrada e financiou o restante em 36 parcelas. Não deu tempo nem de fazer o seguro. Agora, ele não sabe o que fazer para pagar as prestações.

"Eu passei praticamente sete meses trabalhando e juntando dinheiro. Comprei financiado, para quem sabe, no financiamento você paga um valor a mais que são os juros, então vai ser um valor grande para eu pagar", disse.

Busca pelo veículo

O casal começou a investigar na internet para tentar conseguir alguma informação sobre a moto roubada. Eles perceberam que os crimes estão acontecendo com frequência na região.

"Fomos no Instagram, nos grupos de Whatsapp para receber informações e descobrimos que outra moto foi furtada no mesmo local, da mesma maneira. Eles pegaram o mesmo sentido na hora de fugir, e eu acredito que seja a mesma pessoa", disse a namorada.

Depois da divulgação, o estoquista chegou a receber um pedido de resgate pelo veículo.

"A gente até recebeu ligações de trote pedindo R$ 1.800 para entregar a moto e deixar ela em determinado lugar. A gente tinha que pagar o valor por depósito, sem falar nada com a polícia e nem ninguém", explicou o estoquista.

Moto seria usada para trabalho

A moto foi o primeiro veículo que Jhonatan comprou. Um dos objetivos era utilizá-la para trabalhar com entregas, para assim, complementar a renda.

"Foi um investimento que eu fiz. Eu achava que ia dar certo. Peguei a moto para trabalhar como entregador, seria um veículo para trabalho, mas infelizmente aconteceu isso e eu estou perdido. Não sei o que eu faço. Preciso que entreguem minha moto ou se alguém viu, favor ligar para a polícia porque eu preciso dela", contou.

Até o momento, nenhum suspeito foi detido e o veículo não foi localizado. 

Sobre o pedido de resgate, a polícia esclareceu que, muitas vezes, as vítimas colocam alertas em redes sociais e criam oportunidade para os golpistas.

A orientação é que as vítimas não negociem a recuperação de veículos por meio da internet e caso divulguem o roubo nas redes sociais, indiquem os canais da polícia para contato como o telefone 190.

* Com informações da repórter Danielle Cariello, da TV Vitória/Record TV.

Últimas