Folha Vitória Obesidade é fator de risco para câncer de próstata, alerta especialista

Obesidade é fator de risco para câncer de próstata, alerta especialista

Médico especialista em metabologia e cirurgia bariátrica alerta que no caso do câncer de próstata, estudos científicos apontam que a obesidade, dieta rica em gorduras e sedentarismo favorecem o desenvolvimento de tumores

Folha Vitória
Foto: pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A obesidade é fator de risco para diversas doenças, inclusive para o câncer de próstata e, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), 596 mil casos da doença (incluindo todos os tipos) devem ser registrados no Brasil ainda neste ano.

Estamos no mês do combate ao câncer de próstata e o Novembro Azul traz um alerta para os homens se cuidarem porque este tipo de câncer é a segunda doença mais comum nos homens e a terceira que mais mata. Ao lado do câncer de próstata também fazem parte dos fantasmas que assombram o universo masculino a disfunção erétil, infarto e o derrame.

O médico especialista em metabologia e cirurgia bariátrica, Antelmo Sasso Fin, alerta aos homens que, no caso do câncer de próstata, estudos científicos apontam que a obesidade, dieta rica em gorduras e sedentarismo favorecem o desenvolvimento de tumores na próstata e pode estimular, ainda, alguns tipos de tumores mais agressivos.

Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

“A obesidade tem relação com o câncer de próstata de diversas maneiras, pode interferir na dosagem do antígeno prostático específico (PSA) ao provocar uma diluição desta substância no sangue, pode dificultar até o exame do toque retal e interferir no prognóstico. Mas devo ressaltar que essas situações estão em estudo”, diz.

Antelmo destaca a importância de se ter uma alimentação equilibrada e balanceada, além de acompanhamento médico na manutenção do peso e praticar exercícios.

”A atividade física é benéfica porque mexe no metabolismo, nos níveis de insulina e glicose. Alimentação adequada e a prática de exercícios físicos são fundamentais para combater a obesidade e, consequentemente, diminuir o risco de câncer”.

Últimas