Folha Vitória Permanecer muito tempo sentado pode causar problemas hormonais

Permanecer muito tempo sentado pode causar problemas hormonais

Até mesmo os problemas gástricos podem se refletir no sistema nervoso e causar alterações na coluna, provocando desconfortos que duram por anos

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Já pensou quanto tempo você fica sentado ou numa mesma posição durante o dia? Seja em casa, no trabalho ou no transporte, permanecer muitas horas sem se movimentar pode trazer uma série de danos à saúde, muito além das dores nas costas. O fisioterapeuta Mario Sabha explica que o hábito pode provocar até mesmo desequilíbrio hormonal.

Além do encurtamento muscular que aumenta o risco de lesões e dores, esse hábito pode causar um desajuste na comunicação correta entre os nervos da coluna vertebral, o sistema nervoso central e o sistema nervoso autônomo, responsável por controlar automaticamente a respiração, os batimentos cardíacos e a digestão. “Além de problemas posturais, as pessoas sentem dores, inflamações e, às vezes, desequilíbrios hormonais”, completa.

O especialista explica que o desajuste desta sintonia pode causar as parestesias, conhecidas também como formigamentos, que irradiam para os braços. “Muitas vezes, esse sintoma leva a pessoa a procurar cardiologistas e endocrinologistas temendo alguma síndrome, doença cardíaca, metabólica ou problemas de cólon irritável. Isso é um desajuste na transmissão neural entre o sistema nervoso autônomo, o cérebro e o órgão comprometido que não aparece em exames laboratoriais, mas com ajustes simples na coluna, conseguimos minimizar”, completa o especialista em neuroanatomia. 

Mario Sabha desenvolveu um método que revela que tudo no corpo está conectado, até mesmo os problemas gástricos podem se refletir no sistema nervoso e causar alterações na coluna, provocando desconfortos que duram por anos. Por isso, ressalta, além de praticar atividades físicas diariamente, é imprescindível fazer o alinhamento do corpo. "Já atendi pacientes com esse tipo de problema. A leitura deles era só com relação às dores nas costas, mas havia outros sintomas como taquicardia, pressão alta, ressecamento na boca e olhos, aumento de salivação e dificuldade na evacuação”, explica.

Segundo Sabha, por meio de terapias integrativas que reequilibrem o Sistema Orgânico como um todo, como a osteopatia e a quiropraxia, é possível identificar o problema e tratá-lo de forma adequada. “Um profissional que consegue fazer a leitura do organismo como um todo, não faz apenas um ajuste mecânico. Quando fazemos essa sintonia fina, conseguimos proporcionar melhor circulação e nutrição celular para os pacientes, pois isso confere o bem-estar e resultados rápidos dos sintomas, seja no sistema cardiovascular, cardiopulmonar, endócrino e até mesmo no sistema digestivo”, conclui.

Últimas