Folha Vitória Prefeitura de Muniz Freire alerta população para risco de geada até sábado

Prefeitura de Muniz Freire alerta população para risco de geada até sábado

Segundo alerta feito pela Defesa Civil municipal, a geada poderá acontecer nas áreas mais altas da cidade, com altitude igual ou superior a 800 metros

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A Prefeitura de Muniz Freire, na região do Caparaó do Espírito Santo, emitiu um aviso, em suas redes sociais, para que a população fique atenta quanto à possibilidade de geada na cidade. O alerta é da Defesa Civil municipal.

Segundo a prefeitura, uma frente fria que atravessa o Espírito Santo deve derrubar a temperatura durante a madrugada desta quinta-feira (1º). A queda brusca de temperatura deve se estender até o próximo sábado (3). 

Ainda de acordo com o alerta da Defesa Civil municipal, a geada poderá acontecer nas áreas mais altas da cidade, com altitude igual ou superior a 800 metros. O fenômeno, no entanto, deverá ser de fraca intensidade.

Nesta quarta-feira (30), a massa de ar polar que fez nevar no Sul do país chegou ao Espírito Santo derrubando as temperaturas em todas as regiões. Com a frente fria, a previsão é que o estado registre as menores temperaturas do ano.

De acordo com o coordenador de meteorologia do Incaper, Hugo Ramos, a expectativa é que os termômetros atinjam as menores temperaturas na Região Serrana do estado, onde a mínima pode alcançar os 4°C e, nos demais dias, cair ainda mais: 3°C.

"Há risco de geadas nas áreas altas do estado, podendo ser prolongada até o fim de semana", alertou Hugo Ramos.

O que esperar

Segundo o Incaper, há um aumento de nuvens em algumas regiões do Estado, com possibilidade de chuva fraca até sexta-feira (02) em alguns trechos, sendo menos frequente nas regiões Norte e Noroeste.

Os ventos podem soprar com intensidade moderada, agitando o mar e provocando altas ondas em todo litoral capixaba. Segundo o coordenador, o aumento das capacidades do evento pode atingir de 50 a 55 km/h.

Nesta quinta-feira, a frente fria se afasta em direção ao sul da Bahia e as nuvens começam a diminuir no Espírito Santo. No trecho litorâneo, a presença da umidade transportada pelos ventos costeiros provoca chuvas rápidas no início e no fim do dia. 

Segundo o Incaper, também há risco de formação de geada nos trechos mais elevados da região Serrana. Além disso, os índices de umidade relativa do ar podem ficar em torno dos 30% em alguns pontos da região Sul.

Na sexta-feira (02), a presença da umidade transportada pelos ventos costeiros provoca chuvas rápidas, no início e no fim do dia, nas cidades litorâneas. Há risco de formação de geada nos trechos mais elevados da região Serrana. Não chove nas demais áreas do Espírito Santo.

Últimas