Folha Vitória Sistema do Banco Central que informa se há valores a resgatar em contas está indisponível

Sistema do Banco Central que informa se há valores a resgatar em contas está indisponível

Instituição informa que pesquisa ao serviço “Valores a Receber” poderá ser feita no dia 14 de fevereiro.

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O serviço “Valores a Receber” do Banco Central, que permite que pessoas e empresas consultem se tem dinheiro esquecido a receber em instituições bancárias, através do site da instituição, está indisponível. No portal, aparece a mensagem que a pesquisa poderá ser feita no dia 14 de fevereiro. 

Quem se interessou pela busca e não conseguiu resultado foi a advogada Emanuele de Souza Pagotton, que fez o que muitos outros brasileiros tamb´ém fizeram assim que o Banco Central informou sobre a pesquisa. Ela acessou o site para verificar se tem algum valor para receber.

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

"Eu já tive muitas contas desde pequena. Minha mãe abriu uma poupança quando eu era criança, depois fui menor aprendiz e quando entrei na faculdade, com 17 anos, também abri uma conta universitária. Porém, não consegui verificar se tenho algo. Há vários dias, não consigo acessar. Vejo apenas a mensagem que o sistema estará disponível no dia 14 de fevereiro". 

Quem também está frustrado é o empresário Alexandre Fernandes. "Entendo ser temporário, que os acessos foram muitos, mas fiquei frustrado".

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Mensagem que aparece atualmente em pesquisas no site do Banco Central

A consulta e a devolução do dinheiro estão divididas em duas fases, como explicou o economista Eduardo Araújo. 

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

"Na primeira fase estão incluídas as contas correntes e contas poupança, em que serão devolvidos R$ 4 bilhões. A segunda fase incluirá clientes que operam com corretoras de valores e os investidores", disse ele 

O economista orienta que todas as pessoas que têm ou já tiveram conta em bancos, acessem o sistema, assim que o site estiver disponível. 

"Na dúvida, acesse o site e faça a consulta. Mesmo que não seja um valor alto, é importante resgatar esses valores para não deixar à disposição das instituições financeiras", completou ele. 

*Com informações de Luana Damasceno, da TV Vitória/RecordTV

LEIA TAMBÉM: 

>> Quais vão ser as profissões do futuro? 

Últimas