Folha Vitória Três festas clandestinas são interrompidas em Vila Velha

Três festas clandestinas são interrompidas em Vila Velha

As equipes da Guarda Municipal e da Polícia Militar apreenderam bebidas e caixas de som

Folha Vitória
Foto: Reprodução/ Prefeitura de Vila Velha
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Apreensão de caixas de som no bairro Normilia da Cunha

Três festas clandestinas foram encerradas na madrugada deste domingo (27) em Vila Velha e resultaram em apreensões de bebidas, equipamentos e caixas de som. 

Equipes da Guarda Municipal de Vila Velha e da Polícia Militar percorreram sete bairros de cidade com alvos já mapeados nas redes sociais pelos núcleos de inteligência.

No bairro Normilia da Cunha, em um ambiente fechado onde estava sendo organizado o uma festa de nome “Entupidão do campinho”, as equipes impediram a realização do baile, que resultou na apreensão de quatro caixas de som. Cerca de cinquentas pessoas foram dispersadas pelas equipes.

Outras duas festas clandestinas também foram encerradas. Uma no bairro do Ibes, que já tinha cerca de cem pessoas no local,  acabou com a apreensão de bebidas e equipamentos som. A outra já estava acabando em Ilha das Flores. Os responsáveis pela festas foram notificados pelos fiscais.

O secretário de Defesa Social e Trânsito, cel. Oberacy Emmerich Júnior garantiu que as fiscalizações vão continuar. “As ações objetivam prevenir crimes que são potencializados por esses eventos clandestinos”, resumiu.

A ação de fiscalização foi realizada nos bairros de Normilia da Cunha, Ibes, Vila Garrido, Barramares, Morada da Barra, 23 de maio, Jabaeté e Ulisses Guimarães de forma integrada com as equipes da Prefeitura de Vila Velha, Guarda Municipal e policiais do 4º Batalhão e da 13ª Cia Independente da Polícia Militar.

Foto: Reprodução/ Prefeitura de Vila Velha
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Bebidas foram apreendidas pelas equipes em uma festa clandestina no bairro do Ibes

Últimas