Folha Vitória Vila Velha é o município do ES que mais gerou empregos em 2021

Vila Velha é o município do ES que mais gerou empregos em 2021

Foram abertas quase seis mil vagas, o que representa um crescimento de 605% se comparado ao ano anterior

Foto: TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Vila Velha. Uma das melhores cidades para se viver no Brasil. O índice de desenvolvimento humano do município é de 0,8. Que significa muito alto, já que o valor máximo a ser atingido é 1,0. O cálculo do IDH é baseado em três pilares: educação, saúde e renda.

E se o local é bom para morar, ele chama atenção das construtoras. Mesmo com a alta dos materiais de construção e da inflação (12,13% atualmente), o mercado imobiliário capixaba encerrou 2021 com saldo positivo: 25% maior que no ano anterior, de acordo com a pesquisa Indicadores Imobiliários realizada por Brain Inteligência Estratégica, com apoio da Câmara Brasileira da Indústria da Construção e Senai.

LEIA TAMBÉM: Rio, praia e mar: Aracruz tem grandes atrativos econômicos na água

Atualmente, os imóveis mais lançados na Grande Vitória são os de médio e alto padrão, bem diferente de 2020, quando os imóveis populares eram maioria da oferta. Vila Velha está entre as cidades com maior média de valorização imobiliária do país.

Um exemplo é o Taj Home Resort, no bairro Jockey de Itaparica, em Vila Velha. As obras já começaram. A entrega está prevista para o final de 2026. Com 50 andares em uma de das duas torres, será a maior edificação residencial do Espírito Santo.

LEIA TAMBÉM: Diário de Bordo: Vila Velha com seus encantos e empreendimentos

De acordo com Rodrigo Gomes, presidente da Grand Construtora e idealizador do projeto audacioso que é o Taj, metade das unidades vendidas foi para pessoas que moram fora do estado e até do Brasil. Rodrigo acredita que a vinda de outras pessoas para Vila Velha irá movimentar ainda mais a economia do município.

Vila Velha é a cidade que mais gerou emprego no Espírito Santo em 2021. Foram abertas 5.930 vagas, um crescimento de 605% se comparado ao ano anterior, quando foram geradas 979 oportunidades. 

A maioria das vagas são para as áreas de serviço (2.351), comércio (2.147) e indústria (1.061). “Os trabalhos da prefeitura estão voltados para transformar Vila Velha numa cidade empreendedora. O objetivo é trazer o empresariado e os investidores para o município e, com isso, gerar mais emprego e renda”, declarou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Everaldo Colodetti.

LEIA TAMBÉM: Diário de Bordo: a história de Vila Velha presente nos espaços culturais

Para isso, o prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, explica que oferece às empresas desburocratização e incentivos fiscais. Além disso, Arnaldinho aponta a logística do município como um grande atrativo. Inclusive foi por isso que os fundadores da Vila Porto decidiram se instalar na cidade canela verde. Com 18 anos no mercado, a Vila Porto se tornou uma das maiores importadoras de vinho do Brasil.

*Texto escrito pela jornalista Adriana Berlink, da TV Vitória/Record TV.

Últimas