Cidades Mayssa Pessoa narra vida na Rússia durante pandemia

Mayssa Pessoa narra vida na Rússia durante pandemia

A atleta paraibana Mayssa Pessoa, goleira da Seleção Brasileira de Handebol, narrou O post Mayssa Pessoa narra vida na Rússia durante pandemia apareceu primeiro em Portal Correio.

Portal Correio

A atleta paraibana Mayssa Pessoa, goleira da Seleção Brasileira de Handebol, narrou como está sendo seu dia a dia durante a quarentena causada pela pandemia do novo coronavírus. Ela mora na Rússia há quatro anos, onde joga pelo Rostov-on-Don, equipe que carrega o mesmo nome da cidade em que ela mora.

Saiba mais sobre o novo coronavírus na cobertura do Portal Correio Veja aqui as últimas notícias sobre o novo coronavírus Acompanhe gráficos e curva de contágio do coronavírus na PB Acompanhe aqui a situação dos leitos no estado Doações ajudam afetados pela pandemia; saiba como colaborar Saiba como se proteger e onde ter atendimento para coronavírus Coronavírus: Especialista orienta sobre uso de máscaras caseiras

Em reportagem ao Correio Esporte, da TV Correio, a goleira revelou como tem sido o isolamento social, revelando que parte do comércio continuou aberto, mas com restrições. Mayssa revelou também que, aos poucos, os empreendimentos estão reabrindo, mas que eventos esportivos e de entretenimento seguem fechados.

“Então, aqui estamos em distanciamento social também. Algumas coisas estão abertas, como supermercados, farmácias etc. Algumas empresas estão começando a abrir e o governo está dialogando e vai começar a abrir algumas empresas para que o povo volte a trabalhar aos poucos. Tudo está fechado, teatro, esportes etc.”, relatou a goleira paraibana.

Liga nacional

Disputando a Liga Nacional de Handebol, a goleira Mayssa só deve voltar às quadras em setembro. Pelo menos foi o que decidiu a Comissão Europeia da Champions League (Liga dos Campeões), que descartou a volta das disputas antes do nono mês do ano. Para setembro, estão previstas as disputas da quartas de final e do final four do torneio internacional.

“Estamos por aqui, aguardando as decisões das ligas, tanto a liga nacional como também na Champions League. Então, vou ficar por aqui, até para não me expor ao vírus em uma eventual viagem. Minha família está muito bem também, meus pais, minha irmã, que inclusive trabalha na saúde e venho parabenizá-la por isso”, comentou Mayssa.

Seleção e Olimpíadas

Campeã mundial com a Seleção Brasileira de Handebol, Mayssa Pessoa falou também sobre o ciclo olímpico, que seria em 2020, em Tóquio, no Japão, mas mediante a pandemia, teve que ser adiada para 2021. A paraibana revelou que está pensando sim nas Olimpíadas, mas que agora não há nada concreto, que qualquer posição deve aguardar as definições sobre o vírus.

“É bem complicado agora. A gente pensa sim em Olimpíadas, pensamos sim no que pode acontecer depois (que a pandemia do coronavírus passar). Não sabemos muita coisa sobre a realização das Olimpíadas, então depende muito de como o vírus evoluir daqui para lá”, disse a atleta.

Nacionalidade

Mayssa Pessoa revelou também a possibilidade de disputar as Olimpíadas de Tóquio por outra seleção com, segundo ela, mais chances de subir no pódio. A paraibana revelou que já está há três anos sem defender a seleção brasileira e que isso já era suficiente para poder disputar algum torneio por outro país. Entretanto, ela revelou que ainda há tempo para pensar nesse assunto.

“Não sei como o treinador da Seleção Brasileira se comportará na convocação. Vai completar três anos sem eu defender o Brasil, então há a possibilidade de eu disputar as Olimpíadas por outra seleção. Mas claro que ninguém quer disputar o torneio contra seu próprio país. Porém, sabemos que há uma mudança muito grande no handebol do Brasil, então não sei ainda, tenho tempo para pensar e vamos aguardar o vírus passar”, completou a paraibana.

*Com informações de Amauri Aquino, da TV Correio.

O post Mayssa Pessoa narra vida na Rússia durante pandemia apareceu primeiro em Portal Correio.

Últimas