Crise Penitenciária

Cidades Ministro da Justiça lamenta mortes em rebelião no Rio Grande do Norte

Ministro da Justiça lamenta mortes em rebelião no Rio Grande do Norte

Moraes autorizou que grana do Funpen seja utilizada em construções na prisão de Alcaçuz

  • Cidades

Moraes agradeceu em nome del Temer o empenho das forças policiais na "evitando fugas e controlando a situação"

Moraes agradeceu em nome del Temer o empenho das forças policiais na "evitando fugas e controlando a situação"

Isaac Amorim/05.01.2017/MJC

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes divulgou nota neste domingo (15) lamentando as mortes ocorridas na Penitenciária Federal de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte. A rebelião durou cerca de 14h e teve pelo menos 10 mortos.

"A pedido do governador, o ministro Alexandre de Moraes autorizou que parte dos R$ 13 milhões do Fundo Penitenciário Nacional [Funpen], liberados no dia 29 de dezembro de 2016 para modernização e aquisição de equipamentos, seja utilizada em construções que reforcem a segurança no presídio", informa a nota.

Líderes da rebelião no RN são ligados ao PCC

Moraes agradeceu em nome do presidente Michel Temer o empenho das forças policiais que atuaram "em defesa da sociedade, evitando fugas e controlando a situação".

Na nota, o ministro diz ainda que falou com o governador do Estado, Robson Faria, hoje e ontem. O governador teria agradecido o apoio da Força Nacional, que está no Estado desde o ano passado e cuja presença por mais 60 dias foi autorizada pelo Ministério da Justiça na semana passada.

Mais cedo, Temer utilizou o microblog Twitter para determinar que Moraes preste todo auxílio necessário ao governo do Rio Grande do Norte.

Últimas