Cidades Paraíba tem mais de 23 mil donos de negócios com 65 anos ou mais

Paraíba tem mais de 23 mil donos de negócios com 65 anos ou mais

A Paraíba conta com 23.200 empreendedores da terceira idade, pessoas que possuem 65 anos ou mais. Conforme estudo realizado pelo Sebrae sobre o tema. O número faz parte do estudo “Empreendedorismo na 3ª Idade”, realizado pelo Sebrae Nacional, com base em dados do terceiro trimestre de 2020, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Conforme […]

Portal Correio

A Paraíba conta com 23.200 empreendedores da terceira idade, pessoas que possuem 65 anos ou mais. Conforme estudo realizado pelo Sebrae sobre o tema.

O número faz parte do estudo “Empreendedorismo na 3ª Idade”, realizado pelo Sebrae Nacional, com base em dados do terceiro trimestre de 2020, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Conforme os números, os mais de 23 mil empreendedores paraibanos da terceira idade representam 1,2% de cerca de 1,9 milhão de donos de negócios no Brasil que possuem 65 anos ou mais.  

Realizado com o objetivo de identificar o perfil dos empreendedores que possuem 65 anos ou mais, o estudo do Sebrae também revelou que a maior parte dos empresários brasileiros da terceira idade (50%) está na região Sudeste. Em seguida, aparece a região Nordeste, com 19% do total. Já no Sul do Brasil estão 15% desses empreendedores, seguido pelo Centro-Oeste (8%) e pelo Norte (8%). 

Em relação ao setor de atuação, os números nacionais indicam que 36% dos empreendedores da terceira idade estão no setor de serviços, 23% na agropecuária, 19% no comércio, 14% na indústria e 8% na construção civil. A maior parte desses empresários (73%) é do sexo masculino, enquanto 27% são mulheres.  

Já em relação ao tempo de exercício da atividade atual, os números indicam que 92% estão no mercado há dois anos ou mais, 5% têm entre um mês e um ano de atuação, 3% entre um ano e menos de dois anos, enquanto 1% tem menos de um mês de exercício da atividade atual.  

“Diante dos dados, a dica que deixo aos empreendedores da terceira idade é que aproveitem a sua experiência de vida para montar ou dar continuidade ao seu negócio, mas sem abrir mão de mentorias, consultorias e capacitações. Não é porque você tem experiência que deve ter medo de pedir ajuda, pois não é só a experiência que te dará todas as competências necessárias para gerir uma empresa. Sendo assim, amadureça também a sua ideia, oportunidade ou o seu negócio”, disse a gerente regional do Sebrae Paraíba, Madalena Arruda.

Últimas