Botafogo-PB perde por 2 a 1 para o Floresta-CE

Em uma noite de poucas inspirações dos atacantes, o Botafogo da Paraíba voltou a perder na Série C do Campeonato Brasileiro ao ser derrotado por 2 a 1 pelo Floresta-CE. Os gols do jogo disputado no estádio Almeidão, em João Pessoa, nessa sexta (20) foram marcados por Clayton, para o Botafogo, e Alisson e Fábio […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Divulgação/Botafogo-PB

Em uma noite de poucas inspirações dos atacantes, o Botafogo da Paraíba voltou a perder na Série C do Campeonato Brasileiro ao ser derrotado por 2 a 1 pelo Floresta-CE. Os gols do jogo disputado no estádio Almeidão, em João Pessoa, nessa sexta (20) foram marcados por Clayton, para o Botafogo, e Alisson e Fábio Alves para o Floresta.

Mesmo com a derrota, o Botafogo se manteve na liderança do Grupo A, com 20 pontos depois de 13 rodadas. Com isso, o Botafogo pode deixar o topo, mas não sai do G4. Esta foi a terceira derrota do representante paraibano na competição, a segunda na condição de mandante.

O Botafogo não fez uma boa apresentação, principalmente no primeiro tempo. O meio-campo botafoguense não funcionou. Os laterais não criaram perigo pelos lados. É tanto que o goleiro do Floresta, Tony, não passou de um privilegiado espectador, sem fazer uma tarefa sequer.

O Floresta, ao contrário, saiu para o jogo e esteve rondando a área do Botafogo em várias oportunidades. O time cearense de tanto pressionar pelos lados, com os laterais Daniel e Fábio Alves, acabou abrindo o placar aos 36 minutos da etapa inicial. Em escanteio cobrado por Primão, o zagueiro Alisson completou de cabeça.

Perdendo de 1 a 0, o Botafogo voltou para o segundo tempo com mais determinação, especialmente depois de várias trocas. A leitura do treinador Gerson Gusmão deu certo. O time da casa passou a jogar no campo adversário, especialmente com as jogadas pelos lados.

O Botafogo chegou ao empate aos 34 minutos do segundo tempo. Em falta cobrada pelo lateral Tsunami, com força, o goleiro Tony soltou a bola nos pés do meia Clayton Rosas. O camisa 7 chutou forte no canto direito alto, colocando igualdade no placar.

O time da casa ainda comemorava quando o Floresta conseguiu criar boa jogada pelo esquerdo. A bola sobrou para o atacante Mira, que chutou no travessão. Na volta, o volante Jô bateu de primeira e a bola pegou na mão de um zagueiro botafoguense. O árbitro marcou pênalti.

O lateral esquerdo, Fábio Alves, fez a cobrança colocando a bola no lado direito baixo, fora do alcance do goleiro Lucas. O segundo gol do Floresta aconteceu aos 37 minutos do segundo tempo. Com o resultado o Floresta chegou aos 15 pontos.

O encontro entre Botafogo-PB 1×2 Floresta-CE teve um trio de árbitros da Federação Rondoniense de Futebol. O árbitro foi Jonathan Antero Silva. Os assistentes foram Adenilson de Souza Barros e Joverton Wesley de Souza. O quarto árbitro foi Diego Roberto. O analista de campo foi Miguel Félix.

Últimas