Portal Correio Botafogo-PB tem pouco tempo para treinar e fica mais uma vez sem dois jogadores

Botafogo-PB tem pouco tempo para treinar e fica mais uma vez sem dois jogadores

O Botafogo da Paraíba iniciou nesta segunda-feira (16) a preparação para o próximo jogo pela Séric C do Campeonato Brasileiro. Com isso, o Belo tem apenas quatro dias para se preparar visando o jogo que vale a liderança do Grupo A da competição. O Botafogo terá como adversário na próxima rodada o Floresta-CE, na sexta-feira […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Esquerdinha (Foto: Divulgação/Botafogo-PB)

O Botafogo da Paraíba iniciou nesta segunda-feira (16) a preparação para o próximo jogo pela Séric C do Campeonato Brasileiro. Com isso, o Belo tem apenas quatro dias para se preparar visando o jogo que vale a liderança do Grupo A da competição.

O Botafogo terá como adversário na próxima rodada o Floresta-CE, na sexta-feira (20), às 20h, no estádio Almeidão, em João Pessoa, pela 12ª rodada da competição brasileira. Sendo assim, o treinador Gerson Gusmão terá pouco tempo para treinar sua equipe.

A meta do Botafogo é somar três pontos no próximo jogo, aproveitando a condição de mandante para se manter no topo da competição. O time alvinegro tem 55% de aproveitamento depois de 12 rodadas, somando 20 pontos, com cinco vitórias.

Para conseguir a condição de líder, o representante paraibano empatou com o Volta Redonda, em 1 a 1, no Rio de Janeiro, e contou com uma combinação de resultados entre os concorrentes. Tombense-MG, Ferroviário-CE não conseguiram vencer os adversários, respectivamente.

Dois desfalques certos

O problema que tem sido rotineiro para o treinador do Botafog é não contar com a mesma formação de um jogo para outro. A prova disso é que, no jogo passado, ele não pôde escalar o volante Pablo e o atacante Welton Felipe, ambos punidos pelo terceiro cartão amarelo.

Agora, diante do Floresta-CE, outros dois jogadores estão com o mesmo problema e não poderão vestir a camisa alvinegra: os meias Marcos Aurélio e Esquerdinha. Gusmão lamenta ter mudado a formação considerada titular, mas espera que o time continue com o mesmo rendimento.

Últimas