Portal Correio Começa Semana Mundial de Amamentação; veja programação

Começa Semana Mundial de Amamentação; veja programação

A campanha ‘Agosto Dourado’ ocorre em agosto dentro da Semana Mundial de Aleitamento Materno. Este ano, a luta pelo incentivo à amamentação tem como tema “Proteger a amamentação: uma responsabilidade de todos”. Na Paraíba, a programação começou nesse domingo (1º). Estado “O Agosto Dourado é muito importante para a divulgação da promoção do aleitamento materno. […]

Portal Correio
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

A campanha ‘Agosto Dourado’ ocorre em agosto dentro da Semana Mundial de Aleitamento Materno. Este ano, a luta pelo incentivo à amamentação tem como tema “Proteger a amamentação: uma responsabilidade de todos”. Na Paraíba, a programação começou nesse domingo (1º).

Estado

“O Agosto Dourado é muito importante para a divulgação da promoção do aleitamento materno. É um incentivo para as gestantes ou mães  amamentarem seus bebês, oferecendo o melhor alimento, nos primeiros anos de vida e, também, conscientizar a sociedade em geral sobre a necessidade de apoiar a amamentação”, declarou Thaíse Ribeiro, coordenadora geral do Banco de Leite Anita Cabral, unidade da Secretaria de Estado da Saúde (SES). 
 
A programação será aberta às 14h desta segunda-feira (2), com o ciclo de webinários, por meio do Google Meet, para profissionais de saúde e estudantes. As inscrições podem ser feitas no link https://forms.gle/RAWAPLxhbnaswWQj6
 
Durante toda a programação, acontecerão diversas atividades. Entre elas, manejo clínico; oficinas de controle de qualidade e segurança nutricional, no uso do leite humano, em postos de coleta; reuniões técnicas com os Hospitais “Amigo da Criança” e encontros com as doadoras da Rede de Bancos de Leite, sobre temas, como: manutenção da amamentação na volta ao trabalho e amamentação e alimentação saudável. Todos os eventos serão de forma remota. 
 
Informações sobre a programação, poderão ser obtidas no e-mail alimentacaoenutricaosespb@gmail.com  ou pelo número (83) 3211-9070.

Prefeitura de João Pessoa

A campanha ‘Agosto Dourado’ começou nesse domingo (1º) no Instituto Cândida Vargas (ICV). Em virtude da campanha, a maternidade municipal elaborou uma programação especial que começa domingo e segue até o próximo dia 7.  
 
Nesse domingo, às 9h, abrindo a programação, ocorreu a entrega dos materiais do mês Agosto Dourado nos setores do ICV e a ornamentação da maternidade. Já na segunda-feira (2), às 8h, o evento irá promover uma palestra com abordagem no incentivo à amamentação. Será feita uma homenagem às mães doadoras às 8h30, na rota domiciliar. Concluindo as atividades na segunda-feira, às 13h acontece uma visita nas Policlínicas Municipais para entrega de material educativo com o intuito de incentivar os usuários para doarem frascos de vidro, que servem para armazenar leite materno e alimentar o estoque do Banco de Leite Doutora Zilda Arns.
 
O ICV incentiva a doação de leite. O Banco de Leite Zilda Arns realiza as atividades de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para doar, a mãe deve estar saudável, sem nenhum processo gripal, doença infectocontagiosa, nem ter tomado medicamento de uso contínuo, como psicotrópico.  
 
A mulher que amamenta e tem leite excedente deve ligar no 3214-1390 ou contato via WhatsApp 98795-8192 e fazer o cadastro e/ou agendamento. Logo após, será feita uma análise do cadastro para saber se ela está apta a ser doadora. A central vai agendar um dia para a Rota Domiciliar ir até a casa da mãe e deixar o kit de coleta de leite materno.
 
Para coletar o leite, é preciso lavar as mãos com água e sabão, usar touca e máscara, então coleta o leite em um frasco esterilizado. Após a coleta, a doadora vai agendar o dia para a central pegar esse leite. 

HULW, João Pessoa

O Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB/Ebserh), da Universidade Federal da Paraíba e vinculado à Rede Ebserh, traz atividades, como ciclo de webpalestras, rodas de conversa com gestantes e mães, entrega de laços da cor dourada para os funcionários, distribuição de material educativo e divulgação do projeto de extensão “Amamenta Mamãe”, cujo objetivo é apoiar, incentivar e promover o aleitamento materno pós-alta. 

As ações do Agosto Dourado serão desenvolvidas ao longo de todo o mês, mas a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) ocorre entre os dias 1º e 7 de agosto. “No HULW, faremos um ciclo de palestras com o tema ‘Proteger a Amamentação: Uma Responsabilidade de Todos”. As palestras ocorrerão ao vivo, entre os dias 2, 3 e 4, e o público pode se inscrever pelo e-mail smamhulw2021@gmail.com”, explica Janine Barbosa, coordenadora da Coame.  

No dia 2, às 11h, a palestra será ministrada pela nutricionista Débora Cavalcanti sobre o tema “Intervenção participativa para promoção e apoio ao aleitamento materno por meio de rede social on-line”. O professor Rodrigo Pinheiro, da UFPB, fará a apresentação do dia 3, às 11h, sobre “A legislação e o marketing de produtos que interferem na amamentação”. A última palestra, agendada para o dia 4, às 14h, será feita pela pediatra e neonatologista Ádila Sampaio. Como tema, “promoção e proteção ao aleitamento materno em tempos de pandemia”.  

Janine Barbosa reforçou ainda que uma das ações da SMAM é a doação de recipientes para acondicionar leite materno. Iniciativa mais que necessária visto que, no momento, o HULW está com o estoque baixo de frascos para tal fim. Quem tiver interesse em colaborar, deve doar frascos de vidro com tampa de plástico (do tipo café solúvel). A entregue deve ser feita na recepção principal do HULW-UFPB. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3206-0722. 

“Esses vidros são utilizados para as mães admitidas na Unidade Materno-infantil ordenharem seu leite, quando necessário, no posto de coleta do hospital. A ordenha se repete em média a cada três horas, sendo utilizados vários frascos ao dia. Além disso, também são entregues frascos para as mães doadoras de leite materno que estão em seus domicílios”, explica. 

A campanha é voltada ao público interno e também à sociedade em geral. “Nosso objetivo é sensibilizar a comunidade em geral e todas as pessoas que exercem suas atividades no HULW sobre a importância da doação dos frascos para armazenar leite humano destinado aos pacientes prematuros, de baixo peso e/ou impossibilitados de serem amamentados pela própria mãe”, diz. 

Campina Grande

A Secretaria de Saúde de Campina Grande inicia as ações da campanha com a Semana Mundial do Aleitamento Materno neste domingo (1º), até o dia 9 de agosto.

Este ano o tema abordado será: “Proteger a Amamentação: Uma Responsabilidade de Todos”.  A programação conta com palestras e cursos, presenciais – com todos os cuidados de biossegurança – e online, com abordagens voltadas para o aleitamento materno e cuidados com a gestante, a puérpera, a mãe, o bebê e a família, além das tradicionais ações de mamaço, que este ano serão realizadas em cada maternidade, separadamente.

“Nas nossas maternidades nós teremos, inclusive, o nosso mamaço que é uma ação já muito característica da Semana Mundial de Aleitamento Materno, de grande destaque. Faremos de uma configuração diferente, nas enfermarias e de modo individual. Faremos também mamaços virtuais”, disse Laudeci Brito, coordenadora da Rede Cegonha do município.

Entre os assuntos abordados estarão os desafios e incertezas gerados pela pandemia para a amamentação, os bebês e as mães. Uma das convidadas é a madrinha do banco de leite do ISEA, que é a mulher que mais doou leite humano durante o ano de 2021. Sabrina da Silva Araújo, do bairro Nova Brasília, de 25 anos, chegou a doar mais de 55 litros.

Semana Mundial da Amamentação

A Semana Mundial da Amamentação é uma iniciativa da Aliança Internacional de Ação para o Aleitamento (WABA), e desde 1992 é comemorada em todo o mundo, representando um esforço a mais para a promoção, proteção e apoio ao aleitamento.

O leite materno deve ser o alimento exclusivo do bebê nos seis primeiros meses de vida e deve ser ofertado até os dois anos de idade, pois evita infecções e problemas de saúde futuros. A cor dourada da campanha representa o ouro, se referindo à qualidade do leite materno.

Diferente dos demais tipos de leites que normalmente são comercializados, o leite materno contém todas as proteínas, gorduras, vitaminas, açúcares e água que uma criança precisa para se desenvolver, além dos anticorpos e glóbulos brancos que previnem as infecções e as doenças.

É através dele que o corpo se desenvolve e é fortalecido, para que as mais variadas doenças sejam prevenidas. É um alimento crucial, pelo menos nos primeiros meses de vida, reduzindo assim o índice de mortalidade infantil.  

Últimas