Cidades Preço do gás de cozinha pode passar dos R$ 100 após sexto aumento do ano

Preço do gás de cozinha pode passar dos R$ 100 após sexto aumento do ano

Após um intervalo de 20 dias do último aumento, a Petrobras anunciou nessa terça-feira (6) mais um reajuste no preço do gás de cozinha. A nova tabela começa a valer a partir desta quarta-feira (7). Preços da gasolina, diesel e gás aumentam nas refinarias O botijão GLP de 13 kg fica 6% mais caro. Na prática, […]

Portal Correio
Gás

Gás

Portal Correio
Botijão GLP de 13 kg fica cerca de R$ 5 mais caro (Foto: Marcello Casal/Agência Brasil)

Após um intervalo de 20 dias do último aumento, a Petrobras anunciou nessa terça-feira (6) mais um reajuste no preço do gás de cozinha. A nova tabela começa a valer a partir desta quarta-feira (7).

Preços da gasolina, diesel e gás aumentam nas refinarias

O botijão GLP de 13 kg fica 6% mais caro. Na prática, o consumidor irá pagar entre R$ 5 e R$ 6 a mais. O preço à vista do botijão será de R$ 100, enquanto a prazo deverá chegar a R$ 105 com variação de acordo com a livre concorrência de mercado. 

Somado aos cinco aumentos dos meses de janeiro, fevereiro, março, abril e junho o percentual atinge 33% de acréscimo a tabela. 

“Já temos um reajuste programado para os próximos dias em virtude do dissídio coletivo da categoria e a expectativa é a de que a Petrobras anuncie novos reajustes”, disse o presidente Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba (Sinregás PB), Marcos Antônio Bezerra. 

O aumento será adotado por todas as revendas de gás de cozinha da Paraíba. Na Grande João Pessoa, o número de pontos de venda chega a 500 estabelecimentos comercias. Somente na Capital, são quase 300 postos de revenda devidamente autorizados pela Agência Nacional de Petróleo (ANP).

“O Sinregás PB orienta aos consumidores para que somente adquiram o gás de cozinha em revendas regulamentadas, pois elas atendem aos padrões exigidos pelo Código de Defesa do Consumidor e exijam sempre o cupom fiscal”, disse o sindicato.  

Últimas