Cidades Prefeito de Esperança é condenado por fraude em licitação e desvio de verbas públicas

Prefeito de Esperança é condenado por fraude em licitação e desvio de verbas públicas

O prefeito do município de Esperança, Nobson Pedro de Almeida (Nobinho), foi condenado a sete anos de prisão pelos crimes de fraude em licitação, apropriação e desvios de verbas federais. A decisão foi tomada pelo juiz da 6ª Vara da Justiça Federal na Paraíba, Gustavo de Paiva Gadelha. Segundo o texto da decisão, os crimes […]

Portal Correio
(Foto: Arquivo/Jornal Correio da Paraíba)

O prefeito do município de Esperança, Nobson Pedro de Almeida (Nobinho), foi condenado a sete anos de prisão pelos crimes de fraude em licitação, apropriação e desvios de verbas federais. A decisão foi tomada pelo juiz da 6ª Vara da Justiça Federal na Paraíba, Gustavo de Paiva Gadelha.

Segundo o texto da decisão, os crimes teriam ocorrido na celebração de um convênio entre a Prefeitura de Esperança e o Ministério do Turismo, em 2009, no valor total de R$ 262,5 mil. “Os certames e o processo de inexigibilidade realizados para executar o aludido Convênio teriam apresentado inúmeras irregularidades, indicando a montagem posterior de procedimentos licitatórios pelos agentes públicos, em conluio com os empresários participantes, a fim de favorecer as empresas vencedoras dos procedimentos licitatórios em questão”, diz um trecho da decisão.

Nobinho foi gestor da cidade entre 2009 e 2012, época que os crimes ocorreram. Em 2017, ele voltou ao cargo e em 2020 foi reeleito para mais um mandato.

Últimas