Cidades Sistema de ônibus enfrenta crise em CG e operadores ameaçam greve

Sistema de ônibus enfrenta crise em CG e operadores ameaçam greve

Os operadores de transporte coletivo de Campina Grande poderão paralisar as atividades,

Portal Correio

Os operadores de transporte coletivo de Campina Grande poderão paralisar as atividades, a partir desta terça-feira (4), em decorrência de demissões e da crise financeira enfrentada pelas empresas da cidade desde 2019, agravada pela pandemia

Leia também:

Formato atual de transporte coletivo poderá falir, diz professor

O número de passageiros tombou de 100 mil (média por dia, antes da pandemia) para aproximadamente 15 mil, por dia, durante a pandemia. Após a abertura do comércio, esse número subiu para 33 mil passageiros. Atualmente, 55% da frota está em operação em Campina Grande.

“Esperamos confiantemente encontrar soluções mediante o bom diálogo, sem perder de perspectiva o interesse público e o bom atendimento à população”, disse o chefe da STTP, Félix Neto.

Nesta terça-feira (4), às 9h, haverá uma reunião entre prefeitura e empresas para que se encontre uma solução para o impasse.

Últimas