Cidades Tarifa de ônibus de João Pessoa poderá ter reajuste

Tarifa de ônibus de João Pessoa poderá ter reajuste

A tarifa de ônibus de João Pessoa poderá sofrer reajuste até o

Portal Correio

A tarifa de ônibus de João Pessoa poderá sofrer reajuste até o fim de janeiro deste ano. As informações foram dadas nesta sexta-feira (8) pelo superintendente de Mobilidade Urbana da Capital, George Ventura Morais, no Correio Debate da Rede Correio Sat.

Leia também:

Gás de cozinha fica mais caro a partir deste fim de semana

Ele disse que o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de João Pessoa (Sintur) já apresentou documentos com registro de despesas com combustível, insumos e pessoal para que sejam analisados de forma que deem base à nova tarifa.

Ele adiantou que o resultado da análise desses documentos deverá ocorrer no fim de janeiro, quando a Semob e a Prefeitura de João Pessoa vão decidir se deverá haver ou não reajuste na tarifa de ônibus da Capital.

Ouça a fala de Ventura:

https://portalcorreio.com.br/wp-content/uploads/2021/01/SONORA-_01-GEORGE-SEMOB-08-01-2021.mp3

Atualmente, a tarifa de ônibus de João Pessoa tem dois valores, sendo R$ 4 para pagamento no cartão Passe Legal (bilhetagem eletrônica) e R$ 4,15 para quem opta por pagamento em dinheiro. Os valores foram definidos em janeiro de 2020.

Cícero prometeu ônibus ‘5 estrelas’

Entre as porpostas elencadas pelo prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), está a criação de ‘ônibus 5 estrelas’ com wi-fi e ar-condicionado. “Padronização da frota de ônibus do município, com instalação de ar-condicionado e wi-fi, em todos os veículos. Os bancos serão acolchoados e barras de apoio serão instaladas para os passageiros que estiverem em pé. Além disso 100% da frota acessível, seguindo o exigido em lei (hoje são apenas 60%), diz uma das propostas do prefeito.

Enquanto era candidato, Lucena também criticou o sistema atual de transporte urbano da Capital.

“O transporte público de João Pessoa não oferece qualquer tipo de conforto para os usuários. Ônibus superlotados que tratam o passageiro como se estivesse em uma lata de sardinha.

Além da falta de comodidade, os ônibus são perigosos e a quantidade de roubos e furtos são constantes, assustando os passageiros.

O alto valor da passagem, a mais cara das capitais nordestinas não condiz com a realidade das pessoas e é ainda mais contraditória por oferecer um serviço de má qualidade. O aplicativo confuso criado pela atual gestão não permite que muitos usuários consigam acompanhar o trânsito dos ônibus que precisam apanhar”, escreveu Cícero em propostas para governar João Pessoa.

Veja aqui todas as propostas do Governo Cícero Lucena. As que tratam especificamente sobre mobilidade urbana e transporte começam na página 24.

Como é fechada a tarifa de ônibus

O reajuste tem por base a planilha de custos do transporte público, que recebe o impacto de itens como combustível, peças, pneus, quilometragem percorrida pela frota, além da previsão de reajuste salarial dos operadores. A planilha é analisada pelo Conselho de Mbilidade Urbana.

Conselho de Mobilidade Urbana de João Pessoa

Integram o Conselho a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Trabalhadores em Transportes Urbanos de Passageiros de João Pessoa, a Junta Governista do Sindicato dos Motoristas, o Sindicato de Transportes Urbanos de João Pessoa (Sintur), o Diretório Central dos Estudantes da UFPB (DCE/UFPB), o Conselho Universitário de Carteiras – CUC, representante universitário da rede privada, o Conselho Metropolitano de Carteiras de Estudantes – CMCE, além de representante secundarista das redes pública e privada.

Também participam membros da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) e das Secretarias de Planejamento (Seplan), Infraestrutura (Seinfra), Meio Ambiente (Semam) e de Educação e Cultura (Sedec), além do Orçamento Participativo.

Últimas