Cidades Tia diz que criança se escondeu em máquina de lavar em chacina no RS

Tia diz que criança se escondeu em máquina de lavar em chacina no RS

Uma mulher e três filhos foram mortos a facadas na quinta-feira (8), em Triunfo. Suspeito de cometer o crime está foragido, segundo a polícia

Chacina em Triunfo

Suspeito matou a facadas quatro pessoas da mesma família em Triunfo (RS)

Suspeito matou a facadas quatro pessoas da mesma família em Triunfo (RS)

Reprodução

Um vizinho é suspeito de matar a facadas uma mulher e três filhos na manhã de quinta-feira (8), em Triunfo, na região metropolitana de Porto Alegre. Durante a chacina, duas crianças, uma de cinco e outra de 12 anos, conseguiram se salvar — uma estava escondida dentro da máquina de lavar e outra embaixo do assoalho da residência. "Ela sobreviveu se escondendo dentro da máquina de lavar", afirmou Veridiana Pereira Borges, tia da criança.

Uma discussão entre o suspeito e a família teria motivado o crime, que ocorreu na rua de chão Travessa 2. As vítimas foram identificadas como Mirian Ribeiro Pereira, de 52 anos, Valquiria Pereira Borges, 30, Valeria Pereia Borges, 28, e João Paulo Pereira Borges, 21. De acordo com a polícia, as mulheres foram assassinadas em frente à casa, enquanto o rapaz foi morto próximo a porta. Os outros três filhos, um adolescente e duas crianças, conseguiram fugir.

Em entrevista ao R7, Veridiana Pereira Borges, tia da criança que se escondeu dentro da máquina de lavar, disse que o suspeito discutia com toda a vizinhança. “Ele é um louco. Ele começava a gritar com as pessoas do nada”, contou. “Tem uma vizinha que ele ameaçou de voltar e matá-la”, informou.

Leia mais: Sete pessoas são mortas em chacina no RS

No dia do crime, o suspeito teria colocado a mão em cima da genitália para uma das filhas de Mirian. A partir de então, começou a discussão. Ao R7, o delegado disse que o homem teria ido até sua residência, pegado a faca e, então, começado o ataque. "Ele matou as mulheres fora da residência e, o homem, pelo vão da porta que estava entreaberta", relatou.

Melo também informou que um dos sobreviventes, no entanto, teria pego as crianças e as levado até uma vizinha. De lá, ele teria ido pedir ajuda. O delegado comentou que, após matar as quatro pessoas, o homem teria ainda ameaçado outra vizinha.

Agora, a família Pereira Borges vive sob medo e tristeza, segundo Veridiana. “A gente está com medo, porque não sabemos se ele vai voltar e tentar matar mais alguém”, relatou. “E todos estamos despedaçados. Está tudo desmoronado.”

O caso foi registrado na Delegacia de Triunfo, e a Polícia Civil decretou a prisão preventiva do suspeito, que está foragido.

    Access log