Cidades UFPB testará estudantes e funcionários para Covid-19

UFPB testará estudantes e funcionários para Covid-19

A testagem de estudantes, professores, técnicos-administrativos e terceirizados da Universidade Federal da

Portal Correio

A testagem de estudantes, professores, técnicos-administrativos e terceirizados da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) com sintomas de Covid-19 começará em janeiro. O tipo de exame a ser feito é o RT-PCR e a ação visa garantir mais segurança ao plano para retorno gradual das atividades presenciais, elaborado pela comissão de biossegurança para planejamento do retorno das atividades presenciais.

Leia também:

Paraíba deve começar vacinação contra Covid-19 em fevereiro, diz SES

A data exata do início da operação será definida após a divulgação da escala da equipe de enfermagem responsável pelos trabalhos. Inicialmente, estão previstas 20 coletas diárias, de segunda a sexta-feira, no período da manhã, das 8h ao meio dia, em uma sala da Superintendência de Infraestrutura, no prédio da antiga Prefeitura Universitária da UFPB, no Campus I, em João Pessoa.

“O teste não é obrigatório, porque pode ser feito em outros espaços públicos e privados. Neste primeiro momento, as coletas serão apenas no Campus I, em João Pessoa, devido à complexidade da logística que esse tipo de serviço requer”, explica Carina Carvalho, vice-presidente da comissão de biossegurança para planejamento do retorno das atividades presenciais na UFPB.

A testagem para covid-19 na UFPB será financiada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. O projeto tem a finalidade de ampliar o número de testes na Paraíba. A UFPB realiza exames de Covid-19 desde abril, em parceria com o Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen-PB).

Retorno gradual

A UFPB apresentou plano de retomada das pesquisas de campo e em laboratório em 22 de outubro. Em 10 de novembro, a comissão de biossegurança divulgou plano de retorno gradual das atividades presenciais.

Em 14 de dezembro, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFPB aprovou resolução que prevê ensino híbrido, com atividades on-line e presenciais, para estudantes de graduação, a partir de 3 de março.

A volta gradual dos técnico-administrativos às atividades presenciais depende da publicação de portaria pelo Gabinete da Reitoria da UFPB. As  atividades presenciais na UFPB foram suspensas em 17 de março

Últimas