Click Gratis Cientistas descobrem importante função das listas em zebras

Cientistas descobrem importante função das listas em zebras

Na grande maioria dos casos, as características físicas dos animais acabam tendo alguma importante função na natureza. As zebras, por exemplo, contam com um padrão de listas na sua pelagem que é vista raramente em outro animal na natureza. Mas por qual motivo elas teriam surgido?

Recentemente, um grupo de cientistas e pesquisadores publicaram um artigo na revista cientifica Proceedings of the Royal Society no qual abordam este tempo. A ideia era realmente tentar entender de onde surgiram estes padrões e se eles realmente poderiam ter alguma utilidade na vida das zebras.

Cientistas descobrem importante função das listas em zebras

Cientistas descobrem importante função das listas em zebras

Click Grátis - Notícias

Os pesquisadores apontaram diversas situações nas quais as listas acabam interferindo diretamente, como o controle da temperatura do corpo, a camuflagem contra determinados tipos de predadores, e também interações sociais. Mas talvez o real motivo das listras terem surgido e ficado durante o processo de evolução é o controle de um problema menor, mas nem por isso menos importante: o das moscas picadores.

Veja também:

6 curiosidades aleatórias sobre animais conhecidos Alguns animais que vivem tanto (ou mais) que humanos! Morcego gigante: saiba se este animal bizarro realmente existe

De acordo com a pesquisa realizada pela Escola de Ciências Biológicas da Universidade de Bristol acabaram realizando diversos testes e observações com as mutucas, que são moscas que basicamente se alimentam de sangue dos animais e podem transmitir determinados tipos de doenças.

Eles descobriram que estas moscas costumam se aproximar de cavalos que contam com a pelagem totalmente lisa, mas não costumam pousar em animais que possuem um padrão de pelagem listrado. Os cientistas acabaram colocando o nome de “efeito de abertura”, o que poderia ser classificado como uma espécie de ilusão de ótica.

A hipótese era de que o efeito de abertura faria a superfície da pele dos animais parecer mais distante do que realmente é. Dessa forma, as moscas seriam incapazes de realizar seus cálculos de pouso e diminuiriam a velocidade ou jamais pousariam. 

Para testar se essa realmente era uma hipótese que poderia ser considerada como válida, foram feitos diversos testes com grupos de moscas deste tipo. As moscas não foram capazes de pousar em cavalos que estavam vestido com uma camada de pele que lembrava as listras das zebras e nem de estampas xadrez.  

Últimas