Abimaq veiculará campanha publicitária pela aprovação de reforma

A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) vai veicular nos próximos 15 dias uma campanha publicitária pela reforma tributária nos principais meios de comunicação tradicionais e nas redes sociais.

A informação foi dada nesta quarta-feira pelo presidente da Abimaq, José Velloso, durante coletiva de imprensa em que a entidade apresentou os dados econômicos do setor em julho.

De acordo com Velloso, a Abimaq acredita ser viável que a proposta que está no Congresso, a que trata do imposto sobre consumo, seja votada em dois turnos. "Acreditamos que a parte do PIS, Cofins e IBS ficará com a cara da PEC do deputado Baleia Rossi", disse ao se referir à PEC 45/2019.

Ainda segundo Velloso, a reforma administrativa é muito importante e, num cenário ideal, deveria ser votada antes da reforma tributária. Mas como, em função da pandemia do coronavírus, o debate sobre a primeira acabou ficando para trás em relação à segunda.

"Então não podemos perder este momento para aprovar a reforma tributária", disse o presidente da Abimaq. De acordo com, ele, a reforma administrativa pode voltar a ser debatida a partir de outubro.