Economia Aeroportos: Congonhas e Santos Dumont  serão leiloados em 2022

Aeroportos: Congonhas e Santos Dumont  serão leiloados em 2022

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que em 2021 22 aeroportos serão oferecidos à iniciativa privada, e mais 17 no ano seguinte

  • Economia | Do R7

Aeroporto de Congonhas deve ser vendido em 2022

Aeroporto de Congonhas deve ser vendido em 2022

Márcio Neves/R7

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, comemorou nesta quinta-feira (8), em seu Twitter, a inclusão de 17 aeroportos na sétima rodada de leilões do setor, que será realizada em 2022. A lista foi publicada no Diário Oficial da União.

Pandemia derruba em até 60% valor de aeroportos privatizáveis

O ministro destacou que essa última rodada contará com a tentativa de venda dos movimentados aeroportos Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e Congonhas, em São Paulo. 

A intenção do governo federal era vender os 43 aeroportos que estavam sob sua administração. Em 2021, outros 22 terminais serão concedidos à iniciativa privada.

Em entrevista em maio, Tarcísio afirmou que o sucesso esperado se deverá à “ousadia” de o ministério manter os leilões e se tornar um “vendedor” de aeroportos quase que “exclusivo” no mundo. 

Últimas