Banco Inter eleva projeção para PIB de 2020 de -4,7% para -4,3%

O Banco Inter melhorou sua avaliação acerca do desempenho da economia brasileira em 2020. A instituição elevou sua projeção do Produto Interno Bruto (PIB) do ano, de queda de 4,70% para contração de 4,30%. Em relatório, o Inter cita tendência de aceleração na atividade com base nos dados de julho e agosto, além de contribuição do auxílio emergencial.

"Além da reabertura da economia com o controle da pandemia, os estímulos fiscais e monetários vêm reativando a demanda de maneira mais significativa a partir de julho", escreve a economista-chefe Rafaela Vitória, que assina o documento. Ela projeta crescimento de 8% na margem para o PIB do terceiro trimestre.

O Inter ainda prevê suavização na curva de crescimento a partir do quarto trimestre. A economista cita o comportamento do setor de serviços como principal responsável pela contenção do crescimento. Para 2021, o Inter estima alta de 3,90% para o PIB, que só deve retomar o nível pré-pandemia no início de 2022.