Bradespar decide não pagar parcela de remuneração aos acionistas

A Bradespar anunciou que não pagará a primeira parcela da remuneração aos seus acionistas, por não terem sido atendidos os requisitos previstos na Política de Remuneração Anual da companhia.

Em fato relevante, a Bradespar, que possui participação direta de 5,56% no capital da Vale, segundo informações no site da B3, afirma que continuará avaliando a evolução do seu resultado em 2019 e do seu fluxo de caixa para saber se é viável submeter a proposta de pagamento de dividendos ou juros sobre capital próprio. A Vale interrompeu seu pagamento de dividendos depois do rompimento de sua barragem em Brumadinho, em janeiro deste ano.