Carga de energia do Brasil deve cair 8% em abril por coronavírus, estima ONS

SÃO PAULO (Reuters) - A carga de energia do sistema elétrico interligado do Brasil deve ter recuo de 8,1% em abril, apontou o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) nesta sexta-feira, na primeira projeção para o mês, em meio a impactos do coronavírus sobre a demanda.

O maior recuo, de 10%, deve acontecer na região Sudeste, enquanto o menor é previsto no Norte, onde a retração na comparação com mesmo mês do ano passado deve ser de apenas 1,8%.

No Sul, o ONS espera queda de 7,1% na carga, enquanto no Nordeste deve haver redução de 5,5%, de acordo com boletim divulgado nesta sexta-feira.

Desde o agravamento da epidemia no Brasil, em meados deste mês, medidas de isolamento adotadas por governos e prefeituras têm levado a carga de energia a registrar durante a semana níveis geralmente vistos aos sábados e domingos antes da disseminação do vírus.

None

(Por Luciano Costa)