Economia Contratos futuros do aço caem na China; minério também recua

Contratos futuros do aço caem na China; minério também recua

MINERACAO-CHINA-VERGALHAO:Contratos futuros do aço caem na China; minério também recua

Reuters - Economia

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros do vergalhão de aço chinês foram negociados em intervalos limitados nesta segunda-feira, com leve queda ante máximas recentes, enquanto os preços das matérias-primas para a produção de aço despencaram.

A queda nos preços ocorreu apesar de estoques dos principais produtos de aço, incluindo materiais de construção e bobinas usadas no setor de manufatura, terem caído 2,8% na semana passada, para 10,71 milhões de toneladas, em relação à semana anterior, mostraram dados da consultoria Mysteel.

Enquanto isso, a produção semanal do metal ficou em 10,15 milhões de toneladas até 9 de setembro, de acordo com a Mysteel, queda de 7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

"Afetada pela situação do coronavírus e pelas inundações em julho e agosto, a demanda (de construção) deve aumentar durante a alta temporada", escreveram analistas da CITIC Futures em uma nota.

O vergalhão mais ativo na Bolsa de Futuros de Xangai, para entrega em janeiro, caiu 0,6% para 5.642 iuanes (874,40 dólares) por tonelada no fechamento.

O contrato futuro de bobinas laminadas a quente, usadas em carros e eletrodomésticos, fechou em queda de 1,7%, a 5.805 iuanes por tonelada.

O aço inoxidável na bolsa de Xangai, para entrega em outubro, caiu 2,3%, para 19.180 iuanes por tonelada.

Os preços das matérias-primas para a produção de aço na Bolsa de Commodity de Dalian caíram.

O minério de ferro de referência fechou em queda de 3,5%, para 706 iuanes, assim como o carvão metalúrgico, que recuou 6,3%

(Reportagem de Min Zhang e Shivani Singh)

Últimas