Economia Desemprego tem primeira queda significativa desde 2014, diz IBGE

Desemprego tem primeira queda significativa desde 2014, diz IBGE

País registrou 13,5 milhões de pessoas em busca de emprego

Desemprego tem primeira queda significativa desde 2014, diz IBGE

Taxa de desemprego chegou a 13% entre abril e junho

Taxa de desemprego chegou a 13% entre abril e junho

Dario Oliveira/Estadão Conteúdo

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informou nesta sexta-feira (28) que o número de desempregados no País caiu significativamente pela primeira vez desde o fim de 2014.

O número de brasileiros em busca de emprego chegou a 13,5 milhões (13%) no trimestre móvel entre abril e junho.

A Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) mostra que, em comparação com janeiro e março de 2017, a queda do desemprego foi de 0,7 ponto percentual, ou 960 mil desempregados a menos. 

"Foi a primeira redução da população desocupada desde o trimestre outubro/dezembro de 2014", diz nota divulgada pelo IBGE.

Apesar disso, se comparado o mesmo período do ano com 2016, houve aumento do desemprego. No começo do ano passado, esse índice era de 11,3%.

A pesquisa também aponta aumento de 1,4% (1,3 milhão de pessoas) no contingente de empregados no País.

Já o número de empregados com carteira assinada, exceto trabalhadores domésticos, foi de 33,3 milhões. Esse patamar se manteve estável em comparação com o começo do ano.

A indústria geral foi o setor que mais contribuiu para o aumento do número de pessoas empregadas: 375 mil a mais.