Dólar tem maior queda de 2020 ante real com exterior positivo, mas sobe na semana

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar teve nesta sexta-feira a maior queda percentual diária de 2020, com o bom humor externo após dados melhores da China abrindo espaço para uma correção de baixa apenas um dia depois de a cotação escalar para acima de 4,20 reais.

O dólar à vista fechou em baixa de 0,63%, a 4,1648 reais na venda.

É a mais forte desvalorização desde 30 de dezembro do ano passado (-0,91%). Na véspera, a cotação bateu 4,2020 reais na venda, pico intradia desde 5 de dezembro de 2019.

Na B3, o dólar futuro de maior liquidez perdia 0,51%, a 4,1675 reais, nesta sessão.

As firmes altas dos últimos dias, porém, garantiram um dólar para cima nesta semana, período em que acumulou ganho de 1,73% --o mais forte desde a semana finda em 8 de novembro passado (+4,34%). É a terceira alta semanal consecutiva para o dólar.