Ford adia reabertura de fábricas na América do Norte

Por Nick Carey e Sanjana Shivdas

(Reuters) - A Ford Motor anunciou nesta terça-feira que está adiando seu plano de reiniciar a produção em suas fábricas norte-americanas devido a preocupações de segurança de seus trabalhadores em meio à pandemia de coronavírus.

Para gerar caixa, a segunda maior montadora norte-americana havia dito na semana passada que estava pronta para reiniciar a produção em algumas fábricas na América do Norte a partir de 6 de abril.

Nesta terça-feira, a Ford disse que havia planejado retomar a produção em várias fábricas importantes dos EUA em 14 de abril, mas agora o fará em datas ainda não anunciadas.

"A saúde e a segurança de nossa força de trabalho, concessionários, clientes, parceiros e comunidades continuam sendo nossa maior prioridade", disse Kumar Galhotra, presidente de operações da Ford na América do Norte, em comunicado.

Ainda assim, a montadora abrirá uma fábrica em Ypsilanti, Michigan, durante a semana de 20 de abril, que fará respiradores para tratar pacientes atingidos pelo coronavírus.

A rival Fiat Chrysler disse na semana passada que planeja retomar a produção na América do Norte em 13 de abril, enquanto a General Motors não divulgou uma data para reiniciar sua produção de veículos.