Economia Há pressão para corte de tributo da gasolina, mas não é boa política, diz secretário de Guedes

Há pressão para corte de tributo da gasolina, mas não é boa política, diz secretário de Guedes

MACRO-TRIBUTOS-GASOLINA:Há pressão para corte de tributo da gasolina, mas não é boa política, diz secretário de Guedes

Reuters - Economia

BRASÍLIA (Reuters) - O secretário especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Esteves Colnago, afirmou nesta terça-feira que existe pressão para que o governo corte tributos que incidem sobre a gasolina, ponderando que a equipe econômica entende que essa não seria uma boa política.

Em entrevista coletiva para avaliação do Orçamento deste ano, Colnago disse que o ideal, neste momento, é aguardar um pouco para decidir sobre eventual adoção de novas medidas para atendimento à população diante do cenário de alta nos preços de combustíveis.

Segundo o secretário, um corte de tributo sobre a gasolina atenderia principalmente às famílias das classes média e alta, o que não seria uma alocação adequada de recursos públicos. Sem dar detalhes, ele afirmou que pode haver políticas mais adequadas se for o caso.

“Entendemos que ainda não é o caso”, disse.

(Por Bernardo Caram)

Últimas